TRECHOS DE MÚSICAS






“Cause in his life he is filled
With all these good intentions...”
(3 Doors Down, na canção "Be Like That")



“If I could be like that
What would I do?”
(3 Doors Down, na canção "Be Like That")



“Now in dreams we run...”
(3 Doors Down, na canção "Be Like That")



“All she wants is just that something
To hold on to
That's all she needs...”
(3 Doors Down, na canção "Be Like That")



“And all she wants is just
A little piece of this dream
Is that too much to ask?”
(3 Doors Down, na canção "Be Like That")



“But all the miles that separate
They disappear now when I'm dreaming of your face...”
(3 Doors Down, na canção "Here Without You")



“I've heard this life is overrated
But I hope that it gets better as we go...”
(3 Doors Down, na canção "Here Without You")



“Twenty-five years and my life is still
I'm trying to get up that great big hill of hope
For a destination...”
(4 Non Blondes, na canção "What's Up?")



“And so I cry sometimes when I'm lying in bed
Just to get it all out what's in my head...”
(4 Non Blondes, na canção "What's Up?")



“And I scream from the top of my lungs
What's going on?”
(4 Non Blondes, na canção "What's Up?")



“Nunca mais
Quero ver você me olhar
Sem me entender em mim...”
(14 Bis, na canção "Espanhola")



“We were the victims of ourselves
Maybe the children of a lesser god
Between heaven and hell...”
(30 Seconds To Mars, na canção "Kings And Queens")



“We stole our new lives
Through blood and pain
In defense of our dreams...”
(30 Seconds To Mars, na canção "Kings And Queens")



“Não me lembre que o sol nasce no leste
E no oeste morre depois
O que acontece é triste demais
Pra quem não sabe viver
Pra quem não sabe amar...”
(A Banda Mais Bonita Da Cidade, na canção "Canção Pra Não Voltar")



“Não volte pra casa, meu amor, que a casa é triste
Desde que você partiu, aqui nada existe...”
(A Banda Mais Bonita Da Cidade, na canção "Canção Pra Não Voltar")



“Não esqueça que eu não sei mais nada
Nada de você
Não me espere porque eu não volto logo
Não nade porque eu me afogo
Não voe porque eu caio do ar
Não sei flutuar nas nuvens como você
Você não vai entender
Que eu não sei voar
Eu não sei mais nada...”
(A Banda Mais Bonita Da Cidade, na canção "Canção Pra Não Voltar")



“My hands they were strong
But my knees were far too weak
To stand in your arms
Without falling to your feet...”
(Adele, na canção "Set Fire To The Rain")



“You may have my number
You can take my name
But you'll never have my heart...”
(Adele, na canção "Skyfall")



“Who would have known
How bitter-sweet this would taste?”
(Adele, na canção "Someome Like You")



“Há algo que jamais se esclareceu
Onde foi exatamente que larguei naquele dia mesmo
O leão que sempre cavalguei
Lá mesmo esqueci que o destino
Sempre me quis só
No deserto, sem saudade, sem remorso só
Sem amarras, barco embriagado ao mar...”
(Adriana Calcanhotto, na canção "Inverno")



“Eu vou derramar nos seus planos
O resto da minha alegria
Que é pra ver se você volta
Que é pra ver se você vem
Que é pra ver se você olha
Pra mim...”
(Adriana Calcanhotto, na canção "Mentiras")



“Estou em milhares de cacos
Eu estou ao meio
Onde será que você está agora?”
(Adriana Calcanhotto, na canção "Metade")



“E o meu coração embora finja fazer mil viagens
Fica batendo parado naquela estação...”
(Adriana Calcanhotto, na canção "Naquela Estação")



“Eu me despeço
Eu em pedaços
Como um silêncio ao contrário
Enquanto espero
Escrevo uns versos
Depois rasgo...”
(Adriana Calcanhotto, na canção "Uns Versos")



“Você tem meia hora pra mudar a minha vida
Vem, vambora
Que o que você demora é o que o tempo leva...”
(Adriana Calcanhotto, na canção "Vambora")



“'Cause love is like the right dress
On the wrong girl
You never know what you're gonna find
You think you're high and fine as wine
Then you wind up like a dog in a ditch
'Cause love is like a wrong turn
On a cold night...”
(Aerosmith, na canção "Ain't That A Bitch")



“In a daze
In the throes of emotion
You see God in the Devil's eyes...”
(Aerosmith, na canção "Ain't That A Bitch")



“You can tell it to the jury
But you ain't got no case...”
(Aerosmith, na canção "Ain't That A Bitch")



“You know the stuff is poison
But you gotta have a taste...”
(Aerosmith, na canção "Ain't That A Bitch")



“I kept the right ones out
And let the wrong ones in...”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“There were times in my life
When I was goin' insane
Tryin' to walk through the pain...”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“I was so sick and tired
Of livin' a lie
I was wishin' that I would die...”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“And how high can you fly with broken wings?”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“Life's a journey not a destination
And I just can't tell just what tomorrow brings...”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“You have to learn to crawl
Before you learn to walk...”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“So, from all of us at Aerosmith
To all of you, wherever you are
Remember, the light at the end of the tunnel
May be you...”
(Aerosmith, na canção "Amazing")



“Don't know what i'm gonna do about this feeling inside
Yes, it's true loneliness took me for a ride...”
(Aerosmith, na canção "Angel")



“You're the reason i live
You're the reason i die
You're the reason i give when i break down and cry
Don't need no reason why...”
(Aerosmith, na canção "Angel")



“Sometimes the things you see they just ain't so...”
(Aerosmith, na canção "Avant Garden")



“I dream of the day
When our worlds collide...”
(Aerosmith, na canção "Avant Garden")



“Sometimes my life ain't what it seeming
Right from the start it's what your hearts believing
Could all this just be lucid dreaming
But dreams aint just enough for me...”
(Aerosmith, na canção "Avant Garden")



“No one should ever be so broken hearted...”
(Aerosmith, na canção "Avant Garden")



“And all I was so unsure of
And then came you
Into my life...”
(Aerosmith, na canção "Beyond Beautiful")



“Some things are never what they seem
My heaven's turned into a landslide
I thank God I woke up from that dream...”
(Aerosmith, na canção "Blind Man")



“Don't make no sense lightin' candles
There's too much moonlight in our eyes...”
(Aerosmith, na canção "Blind Man")



“Because here comes the sun
Ain't no surprise
Ain't no doubt about it
Gonna open up your eyes...”
(Aerosmith, na canção "Blind Man")



“If our love goes up in flames
It's a fire I can't resist...”
(Aerosmith, na canção "Blind Man")



“If our love goes up in flames
It's a fire I can't resist...”
(Aerosmith, na canção "Cryin'")



“Everybody's got their dues in life to pay
I know, nobody knows
Where it comes and where it goes
I know it's everybody's sin
You got to lose to know how to win...”
(Aerosmith, na canção "Drem On")



“Lived and learned
From fools and from sages
You know it's true
All the things you do
Come back to you...”
(Aerosmith, na canção "Drem On")



“Sing for the laughter
And sing for the tear
Sing with me
If it's just for today
Maybe tomorrow
The good lord will take you away...”
(Aerosmith, na canção "Drem On")



“Dream on
And dream until your dream comes true...”
(Aerosmith, na canção "Drem On")



“We all make mistakes
But it's never too late to start again...”
(Aerosmith, na canção "Fly Away From Here")



“How did we get so affected?
'Cause I think
Love is love reflected...”
(Aerosmith, na canção "Full Circle")



“Time
Don't let it slip away
Raise yo' drinkin' glass
Here's to yesterday
In time
We're all gonna trip away
Don't piss Heaven off
We got Hell to pay...”
(Aerosmith, na canção "Full Circle")



“I used to think
That every little thing I did was crazy
But now I think
The Karma cops are comin' after you...”
(Aerosmith, na canção "Full Circle")



“Every time you get yourself caught up inside
Of someone else's crazy dream
Own it, yeah, that's a mistake
Everybody's gotta lot o'nada killing them
Instead of killing time...”
(Aerosmith, na canção "Full Circle")



“Some girls they love to let it fly
Some girls can't live without it
Some girls are born to make you cry
Over and over again...”
(Aerosmith, na canção "Girls Of Summer")



“The best things about life are free...”
(Aerosmith, na canção "Girls Of Summer")



“The punishment sometimes
Don't seem to fit the crime
There's a hole in my soul
But one thing I've learned
For every love letter written
There's another one burned...”
(Aerosmith, na canção "Hole In My Soul")



“'Cause even when I dream of you
The sweetest dream would never do
I'd still miss you, baby
And I don't wanna miss a thing...”
(Aerosmith, na canção "I Don't Wanna Miss A Thing")



“You think that's where it's at
But is that where it's supposed to be?”
(Aerosmith, na canção "Jaded")



“Now that Janie's got a gun
She ain't never gonna be the same...”
(Aerosmith, na canção "Janie's Got A Gun")



“Run away
Run away from the pain...”
(Aerosmith, na canção "Janie's Got A Gun")



“I've been so lost I must confess
I've had my share of loneliness...”
(Aerosmith, na canção "Kiss Your Past Goodbye")



“The loves you lost were all in vain
The past lives on inside your brain
I don't think you need those memories
Hangin' 'round...”
(Aerosmith, na canção "Kiss Your Past Goodbye")



“So kiss... your... past
Or kiss your ass goodbye
(...)
There's no more tears to cry
So kiss your past goodbye...”
(Aerosmith, na canção "Kiss Your Past Goodbye")



“There's something wrong with the world today
I don't know what it is
Something's wrong with our eyes...”
(Aerosmith, na canção "Livin' On The Edge")



“We're livin on the edge
You can't help yourself from fallin'
Livin' on the edge
You can't help yourself at all...”
(Aerosmith, na canção "Livin' On The Edge")



“If ignorance is bliss
Than take me off the list
I'm leaving...”
(Aerosmith, na canção "Luv Lies")



“Her kinda love's what I adore
What kind of trouble am I in for
My kind of Heaven lies at Hell's back door
And I got more than I need...”
(Aerosmith, na canção "Sunshine")



“When you are born
You're afraid of the darkness
And then you're afraid of the light
But I'm not afraid
When I dance with my shadow...”
(Aerosmith, na canção "Taste Of India")



I used to feel your fire
But now it's cold inside...”
(Aerosmith, na canção "What It Takes")



“I'll never let you see
The way my broken heart is hurting me
I've got my pride and I know how to hide
All my sorrow and pain
I'll do my crying in the rain...”
(A-Ha, na canção “Crying In The Rain”)



“Don't change me
I'm gonna break if you try...”
(A-Ha, na canção “Real Meaning”)



“Don't fix me
It breaks my heart to see you try...”
(A-Ha, na canção “Real Meaning”)



“Stay on these roads
We shall meet, I know...”
(A-Ha, na canção “Stay On There Roads”)



“I would rather hurt myself
Than to ever make you cry...”
(Air Supply, na canção “Goodbye”)



“I can wait forever
If you say you'll be there too...”
(Air Supply, na canção “I Can Wait Forever”)



“I just smile and pretend
And I tell myself I'll be alright
But lonely is the night...”
(Air Supply, na canção “Lonely Is The Night”)



“I know just when to face the truth
And then I know just when to dream...”
(Air Supply, na canção “Making Love Out Of Nothing At All”)



“I know all the rules
And I know how to break 'em...”
(Air Supply, na canção “Making Love Out Of Nothing At All”)



“The beating of my heart is a drum and it's lost
And it's looking for a rhythm like you...”
(Air Supply, na canção “Making Love Out Of Nothing At All”)



“I can't live
If living is without you...”
(Air Supply, na canção “Without You”)




“How long will this take, Baba?
How long have we been sleeping?
Do you see me hanging onto every word you say?
How soon will I be holy?
How much will this cost, Guru?
How much longer 'till you completely absolve me?”
(Alanis Morissette, na canção “Baba”)



“Well life has a funny way of sneaking up on you
When you think everything's okay
And everything's going right
And life has a funny way of helping you out when
You think everything's gone wrong...”
(Alanis Morissette, na canção “Ironic”)



“We'll love you just the way you are
If you're perfect...”
(Alanis Morissette, na canção “Perfect”)



“The moment I let go of it was
The moment I got more than I could handle
The moment I jumped off of it was
The moment I touched down...”
(Alanis Morissette, na canção “Thank You”)



“How 'bout not equating death with stopping?”
(Alanis Morissette, na canção “Thank You”)



“That I would be good
Even if I lost sanity
That I would be good
Whether with or without you...”
(Alanis Morissette, na canção “That I Would Be Good”)



“If we have so much
Why do some people have nothing still?
(...)
Why do you say you are spiritual
Yet you treat people like shit?”
(Alanis Morissette, na canção “These Are The Thoughts”)



“Why do I fear
That the quieter that I am
The less you will listen?”
(Alanis Morissette, na canção “These Are The Thoughts”)



“Why is it such work to stay conscious
And so easy to get stuck
And not the other way around?”
(Alanis Morissette, na canção “These Are The Thoughts”)




“You live, you learn
You love, you learn
You cry, you learn
You lose, you learn
You bleed, you learn
You scream, you learn...”
(Alanis Morissette, na canção “You Learn”)



“Melt it down
You're gonna have to eventually, anyway...”
(Alanis Morissette, na canção “You Learn”)



“¿Para qué me curaste cuando estaba herido
Si hoy me dejas de nuevo el corazón partío?”
(Alejandro Sanz, na canção “Corazón Partío”)



“Dar solamente aquello que te sobra
Nunca fue compartir, sino dar limosna, amor...”
(Alejandro Sanz, na canção “Corazón Partío”)



“Si quieres te cuento por qué te quiero
Y si quieres cuento por qué no...”
(Alejandro Sanz, na canção “No Me Compares”)



“J'aime pas l'habitude
J'aime pas quand ça dure...”
(Alizée, na canção “J'ai Pas Vingt Ans”)



“Mélodie du vent
Je change comme je rime...”
(Alizée, na canção “J'ai Pas Vingt Ans”)



“J'en ai marre de ceux qui pleurent
(...)
Qui se lamentent et qui s'fixent
Sur l'idée d'une idée fixe
J'en ai marre de ceux qui râlent
Des extrémistes à deux balles
Qui voient la vie tout en noir
Qui m'expédient dans l'cafard
(...)
J'en ai marre d 'en avoir marre!”
(Alizée, na canção “J'en Ai Marre”)



“Perder o vazio é empobrecer...”
(Ana Carolina, na canção “Confesso”)



“Quem sabe eu volte cedo
Ou não volte mais...”
(Ana Carolina, na canção “Confesso”)



“Mas eu não vou te esperar
Se você não resolver
Se tem medo de me acompanhar
Pode deixar, eu me mando sem você...”
(Ana Carolina, na canção “É Hora Da Virada”)



“Tô mudando o meu destino
Joguei fora o que não presta
Agora eu quero mesmo, eu vou enlouquecer...”
(Ana Carolina, na canção “É Hora Da Virada”)



“Eu só queria distância da nossa distância...”
(Ana Carolina, na canção “É Mágoa”)



“Atirei uma pedra na sua janela
E logo correndo me arrependi
Foi o medo de te acertar
Mas era pra te acertar
E disso eu quase me esqueci...”
(Ana Carolina, na canção “É Mágoa”)



“Eu quero te roubar pra mim
Eu que não sei pedir nada
Meu caminho é meio perdido
Mas que perder seja o melhor destino...”
(Ana Carolina, na canção “Encostar Na Tua”)



“Agora não vou mais mudar
Minha procura por si só
Já era o que eu queria achar...”
(Ana Carolina, na canção “Encostar Na Tua”)



“Hoje eu tô sozinha
Não sei se me levo ou se me acompanho
Mas é que se eu perder
Eu perco sozinha
Mas é que se eu ganhar
Aí é só eu que ganho...”
(Ana Carolina, na canção “Hoje Eu Tô Sozinha”)



“O amor talvez seja uma coisa que até nem sei
Se precisa ser dita...”
(Ana Carolina, na canção “Mais Que Isso”)



“Eu jogo pra ganhar e de ninguém eu tiro
E se não escutou, eu uso o berro, eu uso o grito...”
(Ana Carolina, na canção “Não Fale Desse Jeito”)



“Eu vou contar pra todo mundo
Eu vou pichar sua rua
Vou bater na sua porta de noite
Completamente nua
Quem sabe então assim
Você repara em mim...”
(Ana Carolina, na canção “Nua”)



“Não vou viver
Como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho onde eu vou...”
(Ana Carolina, na canção “Pra Rua Me Levar”)



“Às vezes ando só
Trocando passos com a solidão
Momentos que são meus
E que não abro mão...”
(Ana Carolina, na canção “Pra Rua Me Levar”)



“Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar nem perder a hora...”
(Ana Carolina, na canção “Pra Rua Me Levar”)



“Escuto no silêncio que há em mim e basta...”
(Ana Carolina, na canção “Pra Rua Me Levar”)



“Eu nunca mais te vi ao meu redor
Nem sei se me encontrei ou te perdi...”
(Ana Carolina, na canção “Só Fala Em Mim”)



“Se você não me escuta
Eu não vou te chamar...”
(Ana Carolina, na canção “Vestido Estampado”)



“Não há precipícios na vertigem do amor
Só descobre isso quem se jogou...”
(Ana Carolina & Jorge Vercillo, na canção “Abismo”)



“Meu amor é um passo de fé
No abismo em seu olhar...”
(Ana Carolina & Jorge Vercillo, na canção “Abismo”)



“Você não sabe dizer que não quer
Mas não responde dizendo que sim...”
(Ana Muller, na canção "Deixa")



“Que coração preguiçoso esse teu
Fica esperando sem nunca insistir...”
(Ana Muller, na canção "Deixa")



“Don't take my freedom
It's all I've got...”
(Angra, na canção "Abandoned Fate")



“Now I know that the end comes
You knew since the beginning...”
(Angra, na canção "Bleeding Heart")



“Things that we say
Sometimes throw the reason away...”
(Angra, na canção "Breaking Ties")



“Não sei bem quem sou
Caça ou caçador
Hoje e amanhã
O rio vai e eu vou atrás
A esperar resposta
Pro que vou dizer
Se o dia foi da caça
Quem irá saber?”
(Angra, na canção "Caça E Caçador")



“Não sei bem quem sou
Nem pra onde vou...”
(Angra, na canção "Caça E Caçador")



“I've been such a fool
I've been so afraid...”
(Angra, na canção "Carolina IV")



“Follow your steps and you will find
The unknown ways are on your mind
Need nothing else than just your pride
To get there, go!”
(Angra, na canção "Carry On")



“So, carry on
There's a meaning to life
Which someday we may find
Carry on, it's time to forget
The remains from the past to carry on...”
(Angra, na canção "Carry On")



“Renaissance is over and I wonder
Should I always be the same once again?”
(Angra, na canção "Deep Blue")



“Don't let your pride
Make your blood flow cold in vain...
Until the end!”
(Angra, na canção "Evil Warning")



“To future days belong the past
But change the times
Now millions cry out
From away it comes
Freedom call
Freedom overall to last forever...”
(Angra, na canção "Freedom Call")



“Lightning up another cigarrette
Playing cool while cracking up inside
Saying 'hi' to people's like saying 'goodbye'
Laughing, but wishing to cry...”
(Angra, na canção "Gentle Change")



“Far away from sights
Hidden in the haze
Spirits of a new horizon fall
Into old dreams...”
(Angra, na canção "Gentle Change")



“Like a miracle life
Starts with the pain
Forever this will be...”
(Angra, na canção "Heroes Of Sand")



“Heroes go down
With their hearts in their hands
Building (he is building)
Their castles (building up)
On the sand...”
(Angra, na canção "Heroes Of Sand")



“Don't let your dreams deny you
When it's time to learn...”
(Angra, na canção "Hunters And Prey")



“Playing with fire
Put your freedom
Through the hardest test
Don't blame the score
On your final day...”
(Angra, na canção "Judgement Day")



“Everynight I say a prayer
Look at me: nobody cares...”
(Angra, na canção "Lisbon")



“Remember the first time you've faced the dark
Why were you so afraid?
Hiding so many secrets inside
When fears have got to be tamed...”
(Angra, na canção "Live And Learn")



“Live and learn with your mind
Find a way out of madness
You dream on of paradise
Who's gonna take you there?”
(Angra, na canção "Live And Learn")



“On the sand, by the sea
I left my heart to shed my grief
A vulture came begging me
'Feed me with this piece of meat!'
I won't give away
Something I need...”
(Angra, na canção "Lullaby For Lucifer")



“Cleaned up all the ashes
Of my soul
Wrote down my own sentence...”
(Angra, na canção "Make Believe")



“I, after all
Just a lonely man
A lonely heart...”
(Angra, na canção "Make Believe")



“Can't you see
We could never go back from the start
Minutes waiting, life's been wasted
Maybe I wanna die some other day...”
(Angra, na canção "Make Believe")



“Bring to me
Something else than a broken heart...”
(Angra, na canção "Make Believe")



“All the time I was lost in the desert
Counting what was left
From the illusions in my mind...”
(Angra, na canção "Morning Star")



“All my life I bleed away
I won't forget
All my life is never understand...”
(Angra, na canção "Never Understand")



“Life is just a burden
Carry yours away...”
(Angra, na canção "No Pain For The Dead")



“I'd never realized
Smiles in the falling rain
Wash the tears away...”
(Angra, na canção "No Pain For The Dead")



“Heaven is a metaphor
Free your mind and spirit...”
(Angra, na canção "No Pain For The Dead")



“Mother Earth
Do you part
Take my soul...”
(Angra, na canção "No Pain For The Dead")



“Somehow I know
That things are gonna change...”
(Angra, na canção "Nova Era")



“To keep the world away
Is not enough to ease the pain...”
(Angra, na canção "Passing By")



“The same horizon
But in different lands...”
(Angra, na canção "Reaching Horizons")



“Be strong
And hide all your tears...”
(Angra, na canção "Running Alone")



“Answer me
What happened to your life?
Answer me
What do you hide?
Can't you see
Salvation without fight?
Can't you see
That you are blind?”
(Angra, na canção "Running Alone")



“Under the sun
In a solitary world
I am running alone...”
(Angra, na canção "Running Alone")



“Cause life's hard for everyone
Just look all around you
So why squander all your power
On self-destruction?”
(Angra, na canção "Salvation-Suicide")



“Get out of my way
My way to hell!”
(Angra, na canção "Salvation-Suicide")



“I'm still searching
The way back to be free
The loneliness hangs around us
However we can't see...”
(Angra, na canção "Silence And Distance")



“Life is short, you know
We can regret...”
(Angra, na canção "So Near So Far")



“Our time is short, you know
Must we still regret?”
(Angra, na canção "So Near So Far")



“Speed
Like a thunderbolt
The future will take its place
Then could you stop time
Perhaps when you die?”
(Angra, na canção "Speed")



“Faster than light we will find
A way out of the conscience
And the more we know, more we'll mind
It's a matter of patience
Always”
(Angra, na canção "Speed")



“We are the only ones to blame
Just look around, I'm not insane
Satan is a child of our God...”
(Angra, na canção "Spread Your Fire")



“Don't let us die
Let me rest in peace...”
(Angra, na canção "Stand Away")



“Days of pounding emptiness
Just do far away, no regret
To live beside the danger
Running out of carelessness
Still unliked the tips of a bridge
That gets no one to nowhere...”
(Angra, na canção "Streets Of Tomorrow")



“So, now
Tell me how
To walk the streets of tomorrow?
Someday, somehow
Then we'll know
How things went wrong
And how
Tell me now
To live in peace no forever?”
(Angra, na canção "Streets Of Tomorrow")



“What does a man gain from his work
Under the sun where he labors?
What is so good for a man in life?
During his days he's just like a shadow
Vanitas! Vanitas! Utters the oracle...”
(Angra, na canção "The Shadow Hunter")



“Meaningless
Meaningless searches for wisdom
Everything is in vain
Like your hunting for shadows...”
(Angra, na canção "The Shadow Hunter")



“Lost my pride, fought in vain
Had to find reasons to my pain...”
(Angra, na canção "The Shadow Hunter")



“Jesus was a man
With a heart, with a mind
With a body, with a soul
So divine as your own
God has no mind, has no heart
Has no body, has no soul
And no resemblance of you...”
(Angra, na canção "The Shadow Hunter")



“Why'd you ever think
That you could run away from pain?
Sorry, man
Your tries were all in vain...”
(Angra, na canção "The Voice Commanding")



“Forgive us, our father
For we have sinned
Blinded by pride
We know not what we do...”
(Angra, na canção "Unholy Wars")



“The battle is over
But the war still rages on...”
(Angra, na canção "Unholy Wars")



“A vision of the land
After the horrid end
We build again from the start
Holy lenient heart...”
(Angra, na canção "Visions Prelude")



“Love will drag your heart away
To a world where dreams are made
Can't hide away
When your helpless mind obeys...”
(Angra, na canção "Waiting Silence")



“Life's too short to grieve in sorrow
(Still are the cries)
Fate is waiting for your soul
(Secrets inside)
Live your life like no tomorrow
(Still are the cries)
Worth you're while until you're gone
Fate's gonna take your soul!”
(Angra, na canção "Waiting Silence")



“The ghosts get closer to my fears
A beast has awakened here inside
All we don't know, nobody knows
And the pay back is coming someday...”
(Angra, na canção "Wings Of Reality")



“Why did it take so long to understand?”
(Angra, na canção "Wishing Well")



“Who knows the truth in this world?”
(Angra, na canção "Wishing Well")



“Now you've got your voice
Your own speech
Don't wait 'till someone else agrees...”
(Angra, na canção "Z.I.T.O")



“Mother Nature brings to me
In fantastic purity
Everything I need...”
(Angra, na canção "Z.I.T.O")



“Like a teenager discovery
What's more delightful than this?
Try to remember how good it was
Feeling the life as it is...”
(Angra, na canção "Z.I.T.O")



“Nada além do amor é o que parece
Please the ones you love before you miss'em...”
(Angra & Milton Nascimento, na canção "Late Redemption")



“Life is short
But it's never late...”
(Angra & Milton Nascimento, na canção "Late Redemption")



“Mark my words
God's abandoned this world...”
(Angra & Milton Nascimento, na canção "Late Redemption")



“Would I live again?
(...)
Really I don't give a damn
Never wanna live again
In this vain emotion...”
(Angra & Milton Nascimento, na canção "Late Redemption")



“Is the love
You've been dreaming so long
Over for me?”
(Angra & Milton Nascimento, na canção "Late Redemption")



“I'd rather be anything but ordinary...”
(Avril Lavigne, na canção "Anything But Ordinary")



“Desde quando tudo em volta importa?”
(Banda Do Mar, na canção "Cidade Nova")



“Eu só trago o mar de algum lugar comigo...”
(Banda Do Mar, na canção "Cidade Nova")



“Faz tempo eu quero descansar
E ver as coisas por aí
Viver conforme o que vier
Só precisar do que eu tiver
Faz tempo eu quero passear
E estar por conta de viver
Fazer o que quiser de mim
Me libertar da vida...”
(Banda Do Mar, na canção "Faz Tempo")



“Eu gosto do gosto da coragem
A melhor viagem é seguir a trilha que eu abri...”
(Banda Do Mar, na canção "Me Sinto Ótima")



“O que está havendo em mim
Eu já nem sei dizer
Será que a sorte foi onde eu não posso ver?”
(Banda Do Mar, na canção "Me Sinto Ótima")



“Serei o que sobrar de mim
Sem nada a perder...”
(Banda Do Mar, na canção "Me Sinto Ótima")



“'Since the dawn of man'
Is really not that long
As every galaxy was formed
In less time than it takes to sing this song...”
(Barenaked Ladies, na canção "The History Of Everything")



“The tears are in my mind
And nothing is rhyming...”
(Barry Manilow, na canção "Mandy")



“The pain is calling...”
(Barry Manilow, na canção "Mandy")



“Let the seasons begin
It rolls right on...”
(Beirute, na canção “Elephant Gun”)



“É sempre amor, mesmo que acabe
Com ela aonde quer que esteja
É sempre amor
Mesmo que mude
É sempre amor
Mesmo que alguém esqueça o que passou...”
(Bidê Ou Balde, na canção “Mesmo Que Mude”)



“I tell you to enjoy life
I wish I could
But it's too late...”
(Black Sabbath, na canção “Paranoid”)



“We get along
So why can't they?
If this is what he wants
And it's what she wants
Then why there's so much pain?”
(Blink 182, na canção “Stay Together For The Kids”)



“What the hell is wrong with me?
My friends say I should act my age
What's my age again?”
(Blink 182, na canção “What's My Age Again?”)



“No one should take themselves so seriously
With many years ahead to fall in line
Why would you wish that on me?
I never want to act my age
What's my age again?”
(Blink 182, na canção “What's My Age Again?”)



“How many roads must a man walk down
Before you can call him a man?”
(Bob Dylan, na canção “Blowin' In The Wind”)



“And how many times must cannonballs fly
Before they're forever banned?”
(Bob Dylan, na canção “Blowin' In The Wind”)



“And how many years can some people exist
Before they're allowed to be free?”
(Bob Dylan, na canção “Blowin' In The Wind”)



“Come gather 'round people
Wherever you roam
And admit that
The waters around you have grown
And accept it that soon
You'll be drenched to the bone
If your time to you is worth savin'
Then you better start swimmin'
Or you'll sink like a stone
For the times they are a-changin'...”
(Bob Dylan, na canção “The Times They Are A-Changin'”)



“And don't speak too soon
For the wheel's still in spin
And there's no tellin' who that it's namin'
For the loser now will be later to win
For the times they are a-changin'...”
(Bob Dylan, na canção “The Times They Are A-Changin'”)



“Come mothers and fathers
Throughout the land
And don't criticize
What you can't understand
Your sons and your daughters
Are beyond your command
Your old road is rapidly agin'
Please get out of the new one
If you can't lend your hand
For the times they are a-changin'...”
(Bob Dylan, na canção “The Times They Are A-Changin'”)



“The slow one now will later be fast
As the present now will later be past
The order is rapidly fadin'
And the first one now will later be last
For the times they are a-changin'...”
(Bob Dylan, na canção “The Times They Are A-Changin'”)



“Tonight I won't be alone
But you know that don't mean I'm not lonely...”
(Bon Jovi, na canção “Bed Of Roses”)



“You ask if I'll grow to be a wise man
Well I ask if I'll grow old...”
(Bon Jovi, na canção “Blaze Of Glory”)



“You ask me if I known love
And what it's like to sing songs in the rain
Well, I've seen love come
And I've seen it shot down
I've seen it die in vain...”
(Bon Jovi, na canção “Blaze Of Glory”)



“We've got to hold on to what we've got
'Cause it doesn't make a difference
If we make it or not...”
(Bon Jovi, na canção “Livin' On A Prayer”)



“We've got to hold on, ready or not
You live for the fight
When that's all that you've got...”
(Bon Jovi, na canção “Livin' On A Prayer”)



“I'm feelin' like a Monday
But someday I'll be Saturday night...”
(Bon Jovi, na canção “Someday I'll Be Saturday Night”)



“When passion's a prison
You can't break free...”
(Bon Jovi, na canção “You Give Love A Bad Name”)



“I play my part
And you play your game...”
(Bon Jovi, na canção “You Give Love A Bad Name”)



“Every now and then
I fall apart...”
(Bonnie Tyler, na canção "Total Eclipse Of The Heart")



“We live and we die
And we learn to find
The things we live and die for...”
(Bosson, na canção "We Live")



“Take your time, think a lot
Think of everything you've got
For you will still be here tomorrow
But your dreams may not...”
(Boyzone, na canção "Father And Son")



“We're too young to reason
Too grown up to dream...”
(Bryan Ferry, na canção "Slave To Love")



“Nós todos cometemos erros
E o meu foi acreditar...”
(Capital Inicial, na canção "1999")



“1999 vai ser só mais um ano
Um dia na vida, uma gota no oceano...”
(Capital Inicial, na canção "1999")



“Se eu pedisse pra você duvidar do que eu digo
Por onde você começaria?”
(Capital Inicial, na canção "1999")



“Nós todos temos medo
E o meu pode me cegar...”
(Capital Inicial, na canção "1999")



“Ninguém sabe as respostas
Então, por que perguntar?”
(Capital Inicial, na canção "1999")



“Bomba de nêutrons não foi Deus quem fez
(...)
Vocês são vermes, pensam que são reis
Não quero ser como vocês
Eu não preciso mais
Eu já sei o que eu tenho que saber
E agora tanto faz...”
(Capital Inicial, na canção "Fátima")



“Toda essa meia verdade
À qual temos nos conformado
Só conseguimos nos afastar
Nós aprendemos a aceitar
Tantas coisas pela metade
Como essa imensa vontade
Que não sabemos explicar
Que não sabemos saciar...”
(Capital Inicial, na canção "Independência")



“Eu sempre quero mais que ontem
Eu sempre quero mais que hoje
Eu sempre quero mais do que eu posso ter...”
(Capital Inicial, na canção "Mais")



“Pra que sofrer se nada é pra sempre?
Pra que correr
Se nunca me vejo de frente?
Parei de pensar e comecei a sentir...”
(Capital Inicial, na canção "Olhos Vermelhos")



“Por que se preocupar por tão pouco?
Por que chorar
Se amanhã tudo muda de novo?”
(Capital Inicial, na canção "Olhos Vermelhos")



“Se eu for ligar pro que é que vão falar
Não faço nada...”
(Capital Inicial, na canção "O Mundo")



“Meu destino não é de ninguém
E eu não deixo os meus passos no chão...”
(Capital Inicial, na canção "Primeiros Erros")



“Olhando de longe
Parece normal...”
(Capital Inicial, na canção "Rosas E Vinho Tinto")



“Horas depois
Enquanto eu me arrependo
Tentando voltar
Querendo fugir
Comecei a chorar
Morrendo de rir...”
(Capital Inicial, na canção "Rosas E Vinho Tinto")



“Aquela sensação que volta misturando
Um pouco demais
Com nada a perder...”
(Capital Inicial, na canção "Rosas E Vinho Tinto")



“Eu fico à vontade com a sua ausência
Eu já me acostumei a esquecer
Tudo que vai...”
(Capital Inicial, na canção "Tudo Que Vai")



“Seu rosto em pedaços
Misturado com o que não sobrou
Do que eu sentia
(...)
Eu nem me lembro mais...”
(Capital Inicial, na canção "Tudo Que Vai")



“Eu não vou pro inferno
Eu não iria tão longe por você
(...)
Eu não vou pro céu também
Eu não sou tão bom assim...”
(Capital Inicial & Zélia Duncan, na canção "Eu Vou Estar")



“On me dit que nos vies ne valent pas grand chose
Elles passent en un instant comme fanent les roses
On me dit que le temps qui glisse est un salaud
Que de nos chagrins il s'en fait des manteaux...”
(Carla Bruni, na canção "Quelqu'un M'a Dit")



“On dit que la distance se moque bien de nous
Qu'il ne nous donne rien et qu'il nous promet tout
Parait qu'le bonheur est à portée de main
Alors on tend la main et on se retrouve fou...”
(Carla Bruni, na canção "Quelqu'un M'a Dit")



“Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
Vai reduzir as ilusões a pó
Preste atenção, querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavaste com teus pés...”
(Cartola, na canção "O Mundo É Um Moinho")



“Meu amor se expulsou de mim
Cansou dos meus vícios
E mesmo que amanhã ele volte
Com outro feitiço
Hoje, meu amor partiu
E nada vai
Nada vai mudar isso...”
(Cássia Eller, na canção "Nada Vai Mudar Isso")



“O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou?
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou...”
(Cássia Eller & Nando Reis, na canção "Relicário")



“I won't let my heart control my head
(...)
I'm sorry I don't have a role for love to play
Hand over my heart
I'll find my way...”
(Celine Dion, na canção "Immortality")



“Someday I'll find you
Someday you'll find me too...”
(Celine Dion & Il Divo, na canção "I Believe In You")



“La mer
A bercé mon cœur pour la vie...”
(Charles Trenet, na canção "La Mer")



“Mesmo com o todavia, com todo dia
Com todo ia, todo não ia
A gente vai levando...”
(Chico Buarque, na canção “Vai Levando”)



“What are words
If you really don't mean them
When you say them?
What are words
If they're only for good times
Then they don't?...”
(Chris Medina, na canção “What Are Words”)



“Entre o céu e o firmamento
Não há ressentimento
Cada um ocupando o seu lugar...”
(Cidade Negra, na canção “Firmamento”)



“Se não fossem as minhas malas cheias de memórias
Ou aquela história que faz mais de um ano
Não fossem os danos
Não seria eu...”
(Clarice Falcão, na canção “Capitão Gancho”)



“Se não desse errado
Não seria eu...”
(Clarice Falcão, na canção “Capitão Gancho”)



“Come out upon my seas
Cursed missed opportunities
Am I a part of the cure
Or am I part of the disease?”
(Coldplay, na canção “Clocks”)



“Now I never meant to do you wrong
That's what I came here to say
But if I was wrong then I'm sorry
But don't let it stand in our way
Cause my head just aches when I think of
The things I shouldn't have done...”
(Coldplay, na canção “Everything's Not Lost”)



“Gravity, release me
And don't ever hold me down...”
(Coldplay, na canção “Life In Technicolor II”)



“I awake to see that no one is free
We're all fugitives
Look at the way we live...”
(Coldplay, na canção “Spies”)



“Daqui a pouco é tarde demais...”
(CPM 22, na canção “Regina Let's Go”)



“A silver lining sometimes isn't enough
To make some wrongs seem right...”
(Creed, na canção “Don't Stop Dancing”)



“But I know I must go on
Although I hurt I must be strong
Because inside I know
That many feel this way...”
(Creed, na canção “Don't Stop Dancing”)



“Children
Don't stop dancing
Believe you can fly away...”
(Creed, na canção “Don't Stop Dancing”)



“Hey God
I know I'm just a dot in this world
Have you forgot about me?”
(Creed, na canção “Don't Stop Dancing”)



“E segue o que a gente nunca soube lidar
E segue porque a gente mente
E mente pra poder andar
E segue o que a gente nunca soube parar...”
(Dado Villa-Lobos, na canção “Como Te Gusta”)



“Se tivesse cores em mim
Eu daria o tom
Coloria o que não tem cor
Rabiscava o céu
Mas no escuro eu não fico
Porque eu sei o meu lugar...”
(Dado Villa-Lobos, na canção “Cores em Mim”)



“O tempo é um professor sem pressa
Mas é exigente...”
(Dado Villa-Lobos, na canção “Diamante”)



“Já parei de fumar
Parar de trair, tô prometendo
Mas quem tem dentes
Um dia acaba mordendo...”
(Dado Villa-Lobos, na canção “Dias”)



“Toda esperança tem um fio muito curto
Quando fica a metade, parece quase tudo...”
(Dado Villa-Lobos, na canção “Quase Nada”)



“It can't be wrong
When it feels so right...”
(Debby Boone, na canção “You Light Up My Life”)



“Who's gonna fight for innocence
When we're always
Denying the proof?
Who's gonna fight for justice
When we wash our hands of truth?”
(Deborah Blando, na canção “Innocence”)



“Would it make you feel better
To watch me while I bleed?”
(Demi Lovato, na canção “Skyscrapper”)



“Voyage, voyage
Éternellement
(...)
Et jamais ne reviens...”
(Desireless, na canção “Voyage Voyage”)



“A fool will lose tomorrow
Reaching back for yesterday...”
(Dionne Warwick, na canção “I'll Never Love This Way Again”)



“Sabe lá
O que é não ter
E ter que ter pra dar...”
(Djavan, na canção “Esquinas”)



“O amor é um grande laço
Um passo pr'uma armadilha...”
(Djavan, na canção “Faltando Um Pedaço”)



“Eu quero ver você mandar na razão
Pra mim não é qualquer notícia
Que abala o coração...”
(Djavan, na canção “Fato Consumado”)



“No fundo
Eu julgo o mundo
Um fato consumado
E vou-me embora...”
(Djavan, na canção “Fato Consumado”)



“Por ser exato
O amor não cabe em si
Por ser encantado
O amor revela-se
Por ser amor
Invade
E fim...”
(Djavan, na canção “Pétala”)



“O teu beijo em meu destino
Era tudo o que eu queria...”
(Djavan, na canção “Retrato Da Vida”)



“Sometimes I wonder
What's the reason why
We long for someone to embrace
And say hello to say goodbye...”
(Edguy, na canção “Forever”)



“Non, rien de rien
Non, je ne regrette rien
Ni le bien qu'on m'a fait
Ni le mal - tout ça m'est bien égal!”
(Edith Piaf, na canção “Non, Je Ne Regrette Rien”)



“Mas sei que uma dor assim pungente
Não há de ser inutilmente
A esperança dança
Na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha
Pode se machucar
Azar!
A esperança equilibrista
Sabe que o show de todo artista
Tem que continuar...”
(Elis Regina, na canção “O Bêbado E A Equilibrista”)



“Nem tão longe que eu não possa ver
Nem tão perto que eu possa tocar
Nem tão longe que eu não possa crer
Que um dia chego lá
Nem tão perto que eu possa acreditar
Que o dia já chegou...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Montanha”)



“Não vejo nada
O que eu vejo não me agrada
Não ouço nada
O que eu ouço não diz nada...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Promessa”)



“Propaganda é a arma do negócio
No nosso peito bate um alvo muito fácil...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Promessa”)



“Eu me sinto um estrangeiro
Passageiro de algum trem
Que não passa por aqui
Que não passa de ilusão...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Revolta Dos Dândis I”)



“Entra ano e sai ano
Sempre os mesmos planos
Entre a minha boca e a tua
Há tanto tempo, há tantos planos
Mas eu nunca sei pra onde vamos...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Revolta Dos Dândis I”)



“Tudo é igual quando se pensa
Em como tudo deveria ser
Há tão pouca diferença
E há tanta coisa a fazer...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Revolta Dos Dândis II”)



“Ascensão e queda
São dois lados da mesma moeda...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Revolta Dos Dândis II”)



“Nossos sonhos são os mesmos há muito tempo
Mas não há mais muito tempo pra sonhar...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Revolta Dos Dândis II”)



“Pensei que houvesse um muro
Entre o lado claro e o lado escuro
Pensei que houvesse diferença
Entre gritos e sussurros
Mas foi um engano, foi tudo em vão
Já não há mais diferença
Entre a raiva e a razão...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “A Revolta Dos Dândis II”)



“Mas não precisamos saber pra onde vamos
Nós só precisamos ir
Não queremos ter o que não temos
Nós só queremos viver
Sem motivos, nem objetivos
Estamos vivos e isto é tudo...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Infinita Highway”)



“Não queremos aprender o que sabemos
Não queremos nem saber...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Infinita Highway”)



“Escute, garota, o vento canta uma canção
Dessas que a gente nunca canta sem razão
Me diga, garota: será a estrada uma prisão?
Eu acho que sim, você finge que não
Mas nem por isso ficaremos parados
Com a cabeça nas nuvens e os pés no chão...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Infinita Highway”)



“Estamos sós e nenhum de nós
Sabe onde quer chegar
Estamos vivos sem motivos
Que motivos temos pra estar?”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Infinita Highway”)



“A dúvida é o preço da pureza
E é inútil ter certeza...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Infinita Highway”)



“Eu vejo as placas dizendo
'Não corra', 'Não morra', 'Não fume'
Eu vejo as placas cortando o horizonte
Elas parecem facas de dois gumes...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Infinita Highway”)



“O medo nos leva a tudo
Sobretudo à fantasia
Então erguemos muros que nos dão a garantia
De que morreremos cheios de uma vida tão vazia...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Muros E Grades”)



“Os muros e as grades nos protegem de quase tudo
Mas o quase tudo quase sempre é quase nada
E nada nos protege de uma vida sem sentido...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Muros E Grades”)



“Um dia super
Uma noite super
Uma vida superficial
Entre as sombras
Entre as sobras
Da nossa escassez...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Muros E Grades”)



“Os muros e as grades
Nos protegem de nosso próprio mal...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Muros E Grades”)



“Levamos uma vida que não nos leva a nada
Levamos muito tempo pra descobrir
Que não é por aí
Não é por nada não
Não, não, não pode ser
É claro que não é
Será?”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Muros E Grades”)



“Há tantos quadros na parede
Há tantas formas de se ver o mesmo quadro...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Ninguém = Ninguém”)



“Me espanta que tanta gente sinta
Se é que sente
A mesma indiferença...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Ninguém = Ninguém”)



“Há muitas vozes repetindo a mesma frase:
Ninguém é igual a ninguém
Me espanta que tanta gente minta
Descaradamente
A mesma mentira...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Ninguém = Ninguém”)



“Todos iguais, todos iguais
Mas uns mais iguais que os outros...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Ninguém = Ninguém”)



“Quem constrói a ponte
Não conhece o lado de lá...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Novos Horizontes”)



“A medida de amar é amar sem medida...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Números”)



“Mas afinal
O que é Rock'n'roll?
Os óculos do John
Ou o olhar do Paul?”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “O Papa É Pop”)



“E o que nos devem
Queremos em dobro
Queremos em dólar
O que nos devem
Queremos em dobro
Queremos agora...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Ouça O Que Eu Digo, Não Ouça Ninguém”)



“Se te disseram pra não virar a mesa
Se te disseram que o ataque é a pior defesa
Se te disseram pra esperar a sobremesa
Ouça o que eu digo: não ouça ninguém...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Ouça O Que Eu Digo, Não Ouça Ninguém”)



“Seria mais fácil fazer como todo mundo faz
(...)
Mas nós vibramos em outra frequência
Sabemos que não é bem assim
Se fosse fácil achar o caminho das pedras
Tantas pedras no caminho não seria ruim...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Outras Frequências”)



“O que você não pode, eu não vou te pedir
O que você não quer, eu não quero insistir
Diga a verdade, doa a quem doer...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Piano Bar”)



“Na verdade 'nada'
É uma palavra esperando tradução...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Piano Bar”)



“Somos suspeitos
De um crime perfeito
Mas crimes perfeitos
Não deixam suspeitos...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Pra Ser Sincero”)



“Eu fui sincero como não se pode ser...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Refrão De Bolero”)



“Quem ocupa o trono tem culpa
Quem oculta o crime também
Quem duvida da vida tem culpa
Quem evita a dúvida também tem...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Somos Quem Podemos Ser”)



“Eu presto atenção no que eles dizem
Mas eles não dizem nada...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Toda Forma De Poder”)



“Toda forma de poder
É uma forma de morrer por nada...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Toda Forma De Poder”)



“A história se repete
Mas a força deixa a história mal contada...”
(Engenheiros Do Hawaii, na canção “Toda Forma De Poder”)



“Saying: I love you
Is not the words I want to hear from you
It's not that I want you not to say
But if you only knew
How easy it would be to show me how you feel
More than words
Is all you have to do to make it real
Then you wouldn't have to say that you love me
'Cause I'd already know...”
(Extreme, na canção “More Than Words”)



“Sou um cachorro e a todo homem meto medo
Você devia ser tão dócil quanto eu...”
(Extromodos, na canção “Línguas Dos Cachorros”)



“Se fui eu que escolhi assim
Não quer dizer que seja bom pra mim...”
(Falamansa, na canção “100 Anos”)



“Às vezes não consigo me entender
Porque eu sinto falta mas já não sei mais do quê...”
(Falamansa, na canção “100 Anos”)



“Eu quero viver mais uns cem anos
Pra reparar os danos...”
(Falamansa, na canção “100 Anos”)



“Mas correr atrás já é demais
Se você corre para trás
Eu tenho direito de seguir em frente
Que atrás vem um monte de gente...”
(Falamansa, na canção “A Falta”)



“É que eu não sou um ator
E se eu sinto dor
Tenho que chorar...”
(Falamansa, na canção “Avisa”)



“Avisa
Pro vento que traz sofrimento
Que sopre pra outro lugar
Avisa
Pro vento que traz amor
Não vejo a hora de você chegar...”
(Falamansa, na canção “Avisa”)



“Se quiserem saber se eu volto
Diga que sim
Mas só depois que a saudade se afastar de mim...”
(Fernanda Takai, na canção “Diz Que Fui Por Aí”)



“J'ai vu des tonnes de paires de jambes à l'envers
Crois-moi, j'te jure c'est les tiennes que j'préfère...”
(Fréro Delavega, na canção “Sweet Darling”)



“Não adianta olhar pro céu
Com muita fé e pouca luta...”
(Gabriel, O Pensador, na canção “Até Quando?”)



“A programação existe
Pra manter você na frente
Na frente da TV
Que é pra te entreter
Que é pra você não ver
Que o programado é você...”
(Gabriel, O Pensador, na canção “Até Quando?”)



“Aquilo que o mundo me pede
Não é o que o mundo me dá...”
(Gabriel, O Pensador, na canção “Até Quando?”)



“Não peço arrego
Mas onde que eu chego se eu fico no mesmo lugar?”
(Gabriel, O Pensador, na canção “Até Quando?”)



“Escola, esmola
Favela, cadeia
Sem terra, enterra!
Sem renda, se renda!”
(Gabriel, O Pensador, na canção “Até Quando?”)



“Muda
Que quando a gente muda
O mundo muda com a gente
A gente muda o mundo
Na mudança da mente
E quando a mente muda
A gente anda pra frente
E quando a gente manda
Ninguém manda na gente!”
(Gabriel, O Pensador, na canção “Até Quando?”)



“We are not your kind of people
Don't want to be like you ever in our lives
(...)
We are extraordinary people...”
(Garbage, na canção “Not Your Kind Of People”)



“Running around
Tryin' to fit in
And wanting to be loved
It doesn't take much
For someone to shut you down
When you built a shell
Built an army in your mind...”
(Garbage, na canção “Not Your Kind Of People”)



“And I find it kind of funny
I find it kind of sad
The dreams in which I'm dying
Are the best I've ever had...”
(Gary Jules, na canção “Mad World”)



“Águas que movem moinhos
São as mesmas águas que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra...”
(Guilherme Arantes, na canção “Planeta Água”)



“Agora entendo que andei perdido
O que é que eu faço pra você me perdoar?”
(Guilherme Arantes, na canção "Um Dia, Um Adeus")



“So I never fell for Vietnam
We got the wall of D.C. to remind us all
That you can't trust freedom
When it's not in your hands...”
(Guns'N'Roses, na canção "Civil War")



“And I don't need your civil war
It feeds the rich while it buries the poor
You're power hungry, sellin' soldiers
In a human grocery store, ain't that fresh?”
(Guns'N'Roses, na canção "Civil War")



“Maybe I'll get it right next time...”
(Guns'N'Roses, na canção "Estranged")



“And now that you've been broken down
You got your head out of the clouds
You're back down on the ground
And you don't talk so loud
And you don't walk so proud
Anymore
And what for?”
(Guns'N'Roses, na canção "Estranged")



“Do you need some time on your own?
Do you need some time all alone?
Everybody needs some time on their own
Don't you know you need some time all alone?”
(Guns'N'Roses, na canção "November Rain")



“When you live in a cookie cutter world
Being different is a sin
So you don't stand out
But you don't fit in...”
(Hanson, na canção "Weird")



“Am I starting to become
What I was sent here to destroy?”
(Helena Josefsson & Robert Pettersson, na canção "My Own Worst Enemy")



“Each time the hatred grows
I forget witch side I'm on
Is it simply my own shadow
I've been chasing all along?”
(Helena Josefsson & Robert Pettersson, na canção "My Own Worst Enemy")



“I am my own worst enemy
Somebody save me from myself!”
(Helena Josefsson & Robert Pettersson, na canção "My Own Worst Enemy")



“Por isso hoje estou tão triste
Porque querer está tão longe de poder
E quem eu quero está tão longe
Longe de mim...”
(Ira! & Pitty, na canção "Eu Quero Sempre Mais")



“Solidão me deixe forte
Talvez resolva meus problemas...”
(Ira!, na canção "Mudança De Comportamento")



“Mas esta vida é passageira
Chorar eu sei que é besteira
Mas, meu amigo
Não dá pra segurar...”
(Ira!, na canção "Mudança De Comportamento")



“I know what I want
And I say what I want
And no one can take it away...”
(Iron Maiden, na canção "Journeyman")



“Burn like a dog or you live like a slave
Death is the price for your soul's liberty...”
(Iron Maiden, na canção "Montségur")



“No time is a good time for goodbyes...”
(Jefferson Starship, na canção "Sara")



“If God had a name, what would it be?
(...)
What would you ask if you had just one question?”
(Joan Osbourne, na canção "One Of Us")



“What if God was one of us?
Just a slob like one of us?”
(Joan Osbourne, na canção "One Of Us")



“You think you know me
Just because you know my name
You think you see me
'Cause you've seen every line of my face
You want to want me
Just because I say that I want you
But does it matter
If anything I'm saying is the truth?”
(Jon Bon Jovi, na canção "Staring At Your Window With A Suitcase In My Hand")



“Nós já temos encontro marcado
Eu só não sei quando
Se daqui a dois dias
Se daqui a mil anos...”
(Jorge Vercilo, na canção "Avesso")



“Somos grandes para entender
Mas pequenos para opinar...”
(Jorge Vercilo, na canção "Avesso")



“Just that something so good
Just can't function no more
But love, love will tear us apart
Again...”
(Joy Division, na canção "Love Will Tear Us Apart")



“Je dépasse aisément
Toutes les limites quand je commence
Je consomme énormément
Le but est de ressentir les choses
Alors je dépasse
Et j'aime en faire des tonnes, ça irrite
Les braves gens plein de raison
Qui respectent les limites...”
(Julien Doré, na canção "Les Limites")



“Et je ne rêve pas je sais quand j'arrêterai
(...)
Je sais après je vais payer pour ça
Oui, je vais payer pour ça...”
(Julien Doré, na canção "Les Limites")



“You don't really wanna stay, no
But you don't really wanna go...”
(Kate Perry, na canção "Hot N' Cold")



“Try to understand that I'm
Trying to make a move just to stay in the game
I try to stay awake and remember my name...”
(Keane, na canção "Everybody's Changing")



“Is it any wonder that I'm tired?
Is it any wonder that I feel uptight?
Is it any wonder I don't know what's right?”
(Keane, na canção "Is It Any Wonder")



“See how the world goes round
You've got to help yourself
See how the world goes round
And you'll help someone else...”
(Keane & Tigarah, na canção "Ishin Denshin (You've Got To Help Yourself)")



“É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido...”
(Kell Smith, na canção "Era Uma Vez")



“Dá pra viver
Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mau
É só não permitir que a maldade do mundo
Te pareça normal
Pra não perder a magia de acreditar
Na felicidade real
E entender que ela mora no caminho
E não no final...”
(Kell Smith, na canção "Era Uma Vez")



“Não basta o compromisso
Vale mais o coração...”
(Legião Urbana, na canção “1º De Julho”)



“Sou fera, sou bicho
Sou anjo e sou mulher
Sou minha mãe e minha filha
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha
E não de quem quiser
Sou Deus, tua Deusa, meu amor...”
(Legião Urbana, na canção “1º De Julho”)



“Quando querem transformar
Dignidade em doença
Quando querem transformar
Inteligência em traição
Quando querem transformar
Estupidez em recompensa
Quando querem transformar
Esperança em maldição
É o bem contra o mal
E você, de que lado está?”
(Legião Urbana, na canção “1965 (Duas Tribos)”)



“Uma guerra sempre avança a tecnologia
Mesmo sendo guerra santa, quente, morna ou fria
Pra que exportar comida
Se as armas dão mais lucros na exportação?”
(Legião Urbana, na canção “A Canção Do Senhor Da Guerra”)



“Existe alguém que está contando com você
Pra lutar em seu lugar
Já que nessa guerra
Não é ele quem vai morrer
E quando, longe de casa, ferido e com frio
O inimigo você espera
Ele estará com outros velhos
Inventando novos jogos de guerra...”
(Legião Urbana, na canção “A Canção Do Senhor Da Guerra”)



“Lembre-se sempre
Que Deus está do lado de quem vai vencer...”
(Legião Urbana, na canção “A Canção Do Senhor Da Guerra”)



“Sempre as mesmas desculpas
E desculpas nem sempre são sinceras
Quase nunca são...”
(Legião Urbana, na canção “Acrilic On Canvas”)



“Nós somos tão modernos
Só não somos sinceros
Nos escondemos mais e mais...”
(Legião Urbana, na canção “A Dança”)



“Não faça com os outros
O que você não quer
Que seja feito com você
Você finge não ver
E isso dá câncer...”
(Legião Urbana, na canção “A Fonte”)



“Uma menina me ensinou quase tudo que eu sei
Era quase escravidão, mas ela me tratava como um rei
Ela fazia muitos planos, eu só queria estar ali
Sempre ao lado dela, eu não tinha aonde ir
(...)
Ela também estava perdida
E por isso se agarrava a mim também
E eu me agarrava a ela
Eu não tinha mais ninguém...”
(Legião Urbana, na canção “Ainda É Cedo”)



“A juventude está sozinha
Não há ninguém para ajudar
A explicar por que é que o mundo
É este desastre que aí está
Eu não sei, eu não sei...”
(Legião Urbana, na canção “Aloha”)



“Não me deixam fazer nada
E a culpa é sempre minha...”
(Legião Urbana, na canção “Aloha”)



“Nos querem todos iguais
Assim é bem mais fácil nos controlar
E mentir
E matar...”
(Legião Urbana, na canção “Aloha”)



“Que se faça o sacrifício
Que cresçam logo as crianças...”
(Legião Urbana, na canção “Aloha”)



“Sou meu próprio líder
Ando em círculos...”
(Legião Urbana, na canção "A Montanha Mágica")



“Para que servem os anjos?
A felicidade mora aqui comigo
Até segunda ordem...”
(Legião Urbana, na canção "A Montanha Mágica")



“Não é coincidência a minha indiferença
Sou uma cópia do que faço
O que temos é o que nos resta
E estamos querendo demais...”
(Legião Urbana, na canção "A Montanha Mágica")



“Às vezes parecia que era só improvisar
E o mundo então seria um livro aberto
Até chegar o dia em que tentamos ter demais
Vendendo fácil o que não tinha preço...”
(Legião Urbana, na canção "Andrea Doria")



“Quero ter alguém com quem conversar
Alguém que depois
Não use o que eu disse contra mim...”
(Legião Urbana, na canção "Andrea Doria")



“Nada mais vai me ferir
É que eu já me acostumei
Com a estrada errada que eu segui
E com a minha própria lei
Tenho o que ficou
E tenho sorte até demais...”
(Legião Urbana, na canção "Andrea Doria")



“Se fosse só sentir saudade
Mas tem sempre algo mais...”
(Legião Urbana, na canção "Angra Dos Reis")



“Quando as estrelas começarem a cair
Me diz, me diz
Pra onde é que a gente vai fugir?”
(Legião Urbana, na canção "Angra Dos Reis")



“Mentir é fácil demais...”
(Legião Urbana, na canção "As Flores Do Mal")



“Volta pro esgoto, baby
E vê se alguém te quer...”
(Legião Urbana, na canção "As Flores Do Mal")



“Todos já sabem o que você faz
Teu perfume barato, teus truques banais
Você acabou ficando pra trás...”
(Legião Urbana, na canção "As Flores Do Mal")



“Será que eu sou capaz de enfrentar o seu amor
Que me traz insegurança e verdade demais?”
(Legião Urbana, na canção "A Tempestade")



“Não me dê atenção
Mas obrigado por pensar em mim...”
(Legião Urbana, na canção "A Via Láctea")



“Já estou cheio de me sentir vazio
Meu corpo é quente, estou sentindo frio
Todo mundo sabe, ninguém quer mais saber
Afinal, amar ao próximo é tão demodê...”
(Legião Urbana, na canção “Baader-Meinhof Blues”)



“Não estatize meus sentimentos
Pra seu governo
O meu estado
É independente...”
(Legião Urbana, na canção “Baader-Meinhof Blues”)



“E a dor é menor do que parece
Quando ela se corta, ela se esquece
Que é impossível ter da vida
Calma e força
Viver em dor, o que ninguém entende
Tentar ser forte a todo e cada amanhecer...”
(Legião Urbana, na canção "Clarisse")



“De quando em quando é um novo tratamento
Mas o mundo continua sempre o mesmo...”
(Legião Urbana, na canção "Clarisse")



“A falta de esperança e o tormento de saber
Que nada é justo e pouco é certo
E que estamos destruindo o futuro
E que a maldade anda sempre aqui por perto...”
(Legião Urbana, na canção "Clarisse")



“Eu sou um pássaro
Me trancam na gaiola
E esperam que eu cante como antes...”
(Legião Urbana, na canção "Clarisse")



“Você gosta mesmo de mim
Se arriscando a me perder assim
Ao me explicar o que eu não quero ouvir
Ainda não estou pronto pra saber a verdade
Ou não estava até uma estação atrás...”
(Legião Urbana, na canção "Comédia Romântica")



“Acho que só agora eu começo a ver
Que tudo o que você me disse
É o que você gostaria que tivessem dito pra você...”
(Legião Urbana, na canção "Comédia Romântica")



“Sou eu mesmo e serei eu mesmo então
E não há nada de errado comigo não...”
(Legião Urbana, na canção "Comédia Romântica")



“E eu queria que o tempo pudesse voltar dessa vez...”
(Legião Urbana, na canção "Comédia Romântica")



“O que eu quero eu não tenho
O que eu não tenho eu quero ter
Não posso ter o que eu quero
E acho que isso não tem nada a ver...”
(Legião Urbana, na canção "Conexão Amazônica")



“Mas alimento pra cabeça
Nunca vai matar a fome de ninguém...”
(Legião Urbana, na canção "Conexão Amazônica")



“Aquele gosto amargo do teu corpo
Ficou na minha boca por mais tempo
De amargo e então salgado ficou doce
Assim que o teu cheiro forte e lento
Fez casa nos meus braços...”
(Legião Urbana, na canção “Daniel Na Cova Dos Leões”)



“A insegurança não me ataca quando erro...”
(Legião Urbana, na canção “Daniel Na Cova Dos Leões”)



“E o teu medo de ter medo de ter medo
Não faz da minha força confusão...”
(Legião Urbana, na canção “Daniel Na Cova Dos Leões”)



“Mas tão certo quanto o erro de ser barco a motor
E insistir em usar os remos
É o mal que a água faz quando se afoga
E o salva-vidas não está lá
Porque não o temos...”
(Legião Urbana, na canção “Daniel Na Cova Dos Leões”)



“E depois do começo
O que vier vai começar a ser o fim...”
(Legião Urbana, na canção “Depois Do Começo”)



“E o que dizem é que foi tudo
Por causa de um coração partido...”
(Legião Urbana, na canção “Dezesseis”)



“Eu pego o bonde andando
Você pegou o bonde errado...”
(Legião Urbana, na canção “Do Espírito”)



“E a ignorância é vizinha da maldade...”
(Legião Urbana, na canção “Do Espírito”)



“E só porque eu tenho
Não pense que é de mim
Que você vai ter
E conseguir o que não tem...”
(Legião Urbana, na canção “Do Espírito”)



“Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?”
(Legião Urbana, na canção “Eduardo E Mônica”)



“Digam o que disserem
O mal do século é a solidão
Cada um de nós imerso em sua própria arrogância
Esperando por um pouco de afeição...”
(Legião Urbana, na canção “Esperando Por Mim”)



“É de noite que tudo faz sentido
No silêncio eu não ouço meus gritos...”
(Legião Urbana, na canção “Esperando Por Mim”)



“Se o mundo é mesmo
Parecido com o que vejo
Prefiro acreditar
No mundo do meu jeito...”
(Legião Urbana, na canção “Eu Era Um Lobisomem Juvenil”)



“E você estava esperando voar
Mas como chegar até as nuvens
Com os pés no chão?”
(Legião Urbana, na canção “Eu Era Um Lobisomem Juvenil”)



“O que sinto muitas vezes faz sentido
E outras vezes não descubro um motivo
Que me explique porque é
Que não consigo ver sentido
No que sinto, o que procuro
O que desejo e o que faz parte do meu mundo...”
(Legião Urbana, na canção “Eu Era Um Lobisomem Juvenil”)



“Palavras são erros
E os erros são seus
Não quero lembrar que eu erro também...”
(Legião Urbana, na canção “Eu Sei”)



“Um dia pretendo tentar descobrir
Por que é mais forte quem sabe mentir
Não quero lembrar que eu minto também...”
(Legião Urbana, na canção “Eu Sei”)



“Deve haver algum lugar
Onde o mais forte não consegue escravizar
Quem não tem chance...”
(Legião Urbana, na canção “Fábrica”)



“De onde vem a indiferença
Temperada a ferro e fogo?”
(Legião Urbana, na canção “Fábrica”)



“Quem me dera acreditar
Que não acontece nada
De tanto brincar com fogo
Que venha o fogo então...”
(Legião Urbana, na canção “Fábrica”)



“Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem...”
(Legião Urbana, na canção “Há Tempos”)



“Quem me dera ao menos uma vez
Provar que quem tem mais do que precisa ter
Quase sempre se convence que não tem o bastante
Fala demais por não ter nada a dizer...”
(Legião Urbana, na canção “Índios”)



“Quem me dera ao menos uma vez
Que o mais simples fosse visto como o mais importante...”
(Legião Urbana, na canção “Índios”)



“Quem me dera ao menos uma vez
Fazer com que o mundo saiba que seu nome
Está em tudo e mesmo assim
Ninguém lhe diz ao menos obrigado...”
(Legião Urbana, na canção “Índios”)



“Aprendi a esperar
Mas não tenho mais certeza
Agora que estou bem
Tão pouca coisa me interessa...”
(Legião Urbana, na canção “L'Âge D'Or”)



“Contra minha própria vontade
Sou teimoso e sincero
Insisto em ter vontade própria...”
(Legião Urbana, na canção “L'Âge D'Or”)



“Não existe beleza na miséria
E não tem volta por aqui
Vamos tentar outro caminho...”
(Legião Urbana, na canção “L'Âge D'Or”)



“Não é belo todo e qualquer mistério?
O maior segredo é não haver mistério algum...”
(Legião Urbana, na canção “L'Âge D'Or”)



“Se dez batalhões viessem à minha rua
E vinte mil soldados batessem à minha porta
À sua procura
Eu não diria nada
Porque lhe dei minha palavra...”
(Legião Urbana, na canção "La Maison Dieu")



“Sexo compra dinheiro e companhia
Mas nunca amor e amizade, eu acho...”
(Legião Urbana, na canção "La Maison Dieu")



“Parem, por favor! Isso dói!”
(Legião Urbana, na canção "La Maison Dieu")



“Devemos flertar com o perigo
Seguir nossos instintos primitivos
Quem sabe não serão estes
Nossos últimos momentos divertidos?”
(Legião Urbana, na canção "La Maison Dieu")



“Eu sou a tua morte
E lhe quero bem...”
(Legião Urbana, na canção "La Maison Dieu")



“Quem pensa por si mesmo é livre
E ser livre é coisa muito séria...”
(Legião Urbana, na canção "L'Avventura")



“Não se pode olhar pra trás
Sem se aprender alguma coisa pro futuro...”
(Legião Urbana, na canção "L'Avventura")



“Não precisa vir
Se não for pra ficar...”
(Legião Urbana, na canção "L'Avventura")



“Triste coisa é querer bem
A quem não sabe perdoar...”
(Legião Urbana, na canção "L'Avventura")



“Acho que sempre lhe amarei
Só que não lhe quero mais
Não é desejo, nem é saudade
Sinceramente, nem é verdade...”
(Legião Urbana, na canção "L'Avventura")



“Bondade sua me explicar
Com tanta determinação
Exatamente o que eu sinto
Como eu penso e como sou
Eu realmente não sabia
Que eu pensava assim...”
(Legião Urbana, na canção "Mais Do Mesmo")



“Cuidado com a coisa coisando por aí
A coisa coisa sempre, também coisa por aqui...”
(Legião Urbana, na canção "Marcianos Invadem A Terra")



“E o carinha do rádio não quer calar a boca
E quer o meu dinheiro e as minhas opiniões
Ora, se você quiser se divertir
Invente suas próprias canções...”
(Legião Urbana, na canção "Marcianos Invadem A Terra")



“E tudo aquilo contra o que sempre lutam
É exatamente tudo aquilo que eles são...”
(Legião Urbana, na canção "Marcianos Invadem A Terra")



“And I guess it’s just a phase
I don’t know where I’m going...”
(Legião Urbana, na canção "Mariane")



“Até pensei que era mais por não saber
Que ainda sou capaz de acreditar
Me sinto tão só
E dizem que a solidão até que me cai bem...”
(Legião Urbana, na canção "Maurício")



“Tenho quase certeza que eu não sou daqui...”
(Legião Urbana, na canção "Meninos E Meninas")



“Eu canto em português errado
Acho que o imperfeito não participa do passado
Troco as pessoas, troco os pronomes...”
(Legião Urbana, na canção "Meninos E Meninas")



“É a verdade o que assombra
O descaso que condena
A estupidez, o que destrói...”
(Legião Urbana, na canção "Metal Contra As Nuvens")



“Não me entrego sem lutar
Tenho, ainda, coração
Não aprendi a me render
Que caia o inimigo então...”
(Legião Urbana, na canção "Metal Contra As Nuvens")



“Tudo passa
Tudo passará...”
(Legião Urbana, na canção "Metal Contra As Nuvens")



“É tão emocionante um acidente de verdade
Estão todos satisfeitos
Com o sucesso do desastre...”
(Legião Urbana, na canção "Metrópole")



“O sândalo perfuma o machado que o feriu...”
(Legião Urbana, na canção "Mil Pedaços")



“Por favor, amor, me acredite
Não há palavras pra explicar o que eu sinto...”
(Legião Urbana, na canção "Música Ambiente")



“Tem gente que não tem nada
E outros que têm mais do que precisam...”
(Legião Urbana, na canção "Música De Trabalho")



“Nossa vida não é boa
E nem podemos reclamar...”
(Legião Urbana, na canção "Música De Trabalho")



“Sei que existe injustiça
Eu sei o que acontece
Tenho medo da polícia
Eu sei o que acontece
Se você não segue as ordens
Se você não obedece
E não suporta o sofrimento
Está destinado à miséria...”
(Legião Urbana, na canção "Música De Trabalho")



“Quem sabe esquecer um pouco
Do pouco que não temos
Quem sabe esquecer um pouco
De tudo que não sabemos...”
(Legião Urbana, na canção "Música De Trabalho")



“A felicidade é uma mentira
E a mentira é salvação...”
(Legião Urbana, na canção "Natália")



“E quando o circo pega fogo
Somos os animais na jaula...”
(Legião Urbana, na canção "Natália")



“É complicado estar só
Quem está sozinho que o diga...”
(Legião Urbana, na canção "Natália")



“Tiram todas as minhas armas
Como posso me defender?”
(Legião Urbana, na canção "O Reggae")



“Só nos sobrou do amor
A falta que ficou...”
(Legião Urbana, na canção "Os Anjos")



“Acho que não sei quem sou
Só sei do que não gosto...”
(Legião Urbana, na canção “O Teatro Dos Vampiros”)



“Esse é o nosso mundo
O que é demais nunca é o bastante
E a primeira vez
É sempre a última chance...”
(Legião Urbana, na canção “O Teatro Dos Vampiros”)



“É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Porque se você parar pra pensar
Na verdade não há...”
(Legião Urbana, na canção "Pais & Filhos")



“Me diz
Por quê que o céu é azul
Me explica a grande fúria do mundo...”
(Legião Urbana, na canção "Pais & Filhos")



“Você me diz que seus pais não entendem
Mas você não entende seus pais
Você culpa seus pais por tudo
Isso é absurdo
São crianças como você
O que você vai ser quando você crescer...”
(Legião Urbana, na canção "Pais & Filhos")



“Vamos cantar juntos o hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão...”
(Legião Urbana, na canção "Perfeição")



“Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror de tudo isto
Com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou essa canção...”
(Legião Urbana, na canção "Perfeição")



“Ah, se eu soubesse lhe dizer
O que fazer pra todo mundo ficar junto
Todo mundo já estava há muito tempo...”
(Legião Urbana, na canção "Petróleo Do Futuro")



“Sou brasileiro errado
Vivendo em separado
Contando os vencidos
De todos os lados...”
(Legião Urbana, na canção "Petróleo Do Futuro")



“Se afaste do abismo
Faça do bom-senso a nova ordem
Não deixe a guerra começar...”
(Legião Urbana, na canção "Plantas Embaixo Do Aquário")



“Se lembra quando a gente
Chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre
Sem saber
Que o pra sempre sempre acaba...”
(Legião Urbana, na canção "Por Enquanto")



“Por que esperar
Se podemos começar
Tudo de novo
Agora mesmo?”
(Legião Urbana, na canção "Quando O Sol Bater Na Janela Do Seu Quarto")



“Até bem pouco tempo atrás
Poderíamos mudar o mundo
Quem roubou nossa coragem?”
(Legião Urbana, na canção "Quando O Sol Bater Na Janela Do Seu Quarto")



“Tudo é dor
E toda dor vem do desejo
De não sentirmos dor...”
(Legião Urbana, na canção "Quando O Sol Bater Na Janela Do Seu Quarto")



“Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava provar nada pra ninguém...”
(Legião Urbana, na canção "Quase Sem Querer")



“Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira...”
(Legião Urbana, na canção "Quase Sem Querer")



“Sei que às vezes uso palavras repetidas
Mas quais são as palavras que nunca são ditas?”
(Legião Urbana, na canção "Quase Sem Querer")



“E fiquei tanto tempo duvidando de mim
Por fazer amor fazer sentido...”
(Legião Urbana, na canção "Se Fiquei Esperando Meu Amor Passar")



“Eu posso estar sozinho
Mas eu sei muito bem aonde estou...”
(Legião Urbana, na canção "Será")



“Tínhamos a ideia
Mas você mudou os planos
Tínhamos um plano
Você mudou de ideia...”
(Legião Urbana, na canção "Sereníssima")



“Antes eu sonhava
Agora já não durmo...”
(Legião Urbana, na canção "Sereníssima")



“O que ninguém percebe
É o que todo mundo sabe...”
(Legião Urbana, na canção "Sereníssima")



“Não sei onde estou indo
Só sei que não estou perdido
Aprendi a viver um dia de cada vez...”
(Legião Urbana, na canção "Só Por Hoje")



“Viver é uma dádiva fatal
No fim das contas
Ninguém sai vivo daqui...”
(Legião Urbana, na canção "Só Por Hoje")



“Quem é o inimigo?
Quem é você?
Nos defendemos tanto tanto sem saber
Por que lutar...”
(Legião Urbana, na canção "Soldados")



“Pecado é provocar desejo
E depois renunciar...”
(Legião Urbana, na canção "Soul Parsifal")



“Não falo pelos outros
Só falo por mim
Ninguém vai me dizer o que sentir...”
(Legião Urbana, na canção "Soul Parsifal")



“Não tenha medo, não preste atenção
Não dê conselhos, não peça permissão
É só você quem deve decidir
O que fazer pra tentar ser feliz...”
(Legião Urbana, na canção "Teorema")



“E parece que sempre termina
Mas não tem fim...”
(Legião Urbana, na canção "Teorema")



“Sei que não tenho
A força que tens
Se me vejo feliz
Quase sempre exijo um talvez...”
(Legião Urbana, na canção "Uma Outra Estação")



“Não me diga como eu devo ser
Gosto do jeito que sou
Quem insiste em julgar os outros
Sempre tem alguma coisa pra esconder...”
(Legião Urbana, na canção "Uma Outra Estação")



“Estou longe, longe
Estou em outra estação...”
(Legião Urbana, na canção "Uma Outra Estação")



“Não vou me deixar embrutecer
Eu acredito nos meus ideais
Podem até maltratar meu coração
Que meu espírito ninguém vai conseguir quebrar...”
(Legião Urbana, na canção "Um Dia Perfeito")



“Alguém falou do fim do mundo
O fim do mundo já passou
Vamos começar de novo
Um por todos e todos por um...”
(Legião Urbana, na canção "Vamos Fazer Um Filme")



“Deixa de lado essa pobreza
De quem insiste em julgar e explicar...”
(Leila Pinheiro & Renato Russo, na canção “Hoje”)



“Deixa que falem
Eles não sabem...”
(Leila Pinheiro & Renato Russo, na canção “Hoje”)



“É bom às vezes se perder
Sem ter porquê, sem ter razão
É um dom saber envaidecer
Por si, saber mudar de tom...”
(Los Hermanos, na canção “Adeus Você”)



“Faz parte desse jogo
Dizer ao mundo todo
Que só conhece o seu quinhão ruim
É simples desse jeito
Quando se encolhe o peito
E finge não haver competição
É a solução de quem não quer
Perder aquilo que já tem
E fecha a mão pro que há de vir...”
(Los Hermanos, na canção “Cara Estranho”)



“Os dias que eu me vejo só
São dias que eu me encontro mais...”
(Los Hermanos, na canção “Condicional”)



“Eu não vou mudar não
Eu vou ficar são
Mesmo se for só
Não vou ceder
Deus vai dar aval sim
O mal vai ter fim
E no final assim calado
Eu sei que vou ser coroado rei de mim...”
(Los Hermanos, na canção “De Onde Vem A Calma”)



“Hoje vivo muito bem sem tua boca
E sozinho não conheço mais a dor...”
(Los Hermanos, na canção “Descoberta”)



“Sobre estar só, eu sei
Nos mares por onde andei
Devagar
Dedicou-se mais o acaso a se esconder
E agora, o amanhã, cadê?”
(Los Hermanos, na canção “Dois Barcos”)



“É de lágrima
Que faço o mar pra navegar...”
(Los Hermanos, na canção “É De Lágrima”)



“E se eu fosse o primeiro
A voltar pra mudar
O que eu fiz
Quem então agora eu seria?
Tanto faz
E o que não foi não é
Eu sei que ainda vou voltar
Mas eu quem será?”
(Los Hermanos, na canção “O Velho E O Moço”)



“E se eu for o primeiro
A prever e poder desistir
Do que for dar errado?
Olha, se não sou eu
Quem mais vai decidir
O que é bom pra mim?
Dispenso a previsão
Se o que eu sou
É tambem o que eu escolhi ser
Aceito a condição...”
(Los Hermanos, na canção “O Velho E O Moço”)



“Vou levando assim
Que o acaso é amigo do meu coração
Quando falo comigo
Quando eu sei ouvir...”
(Los Hermanos, na canção “O Velho E O Moço”)



“Eu que já não sou assim
Muito de ganhar
Junto as mãos ao meu redor
Faço o melhor que sou capaz
Só pra viver em paz...”
(Los Hermanos, na canção “O Vencedor”)



“Posso ouvir o vento passar
Assistir à onda bater
Mas o estrago que faz
A vida é curta pra ver...”
(Los Hermanos, na canção “O Vento”)



“Não te dizer o que eu penso
Já é pensar em dizer...”
(Los Hermanos, na canção “O Vento”)



“O esforço pra lembrar
É a vontade de esquecer...”
(Los Hermanos, na canção “O Vento”)



“Se a gente já não sabe mais
Rir um do outro, meu bem
Então o que resta é chorar...”
(Los Hermanos, na canção “O Vento”)



“Vou lá
Andar
E o que eu vou ver
Eu sei lá...”
(Los Hermanos, na canção “Primeiro Andar”)



“Não faz disso esse drama, essa dor
É que a sorte é preciso tirar pra ter
Perigo é eu me esconder em você
E quando eu vou voltar
Quem vai saber?”
(Los Hermanos, na canção “Primeiro Andar”)



“Eu preciso andar
Um caminho só
Vou buscar alguém
Que eu nem sei quem sou...”
(Los Hermanos, na canção “Primeiro Andar”)



“Sambo bem a dois por mim
Bambo e só, mas sambo, sim...”
(Los Hermanos, na canção “Samba A Dois”)



“Você me avisar, me ensinar
Falar do que foi pra você
Não vai me livrar de viver...”
(Los Hermanos, na canção “Sentimental”)



“Eu só aceito a condição de ter você só pra mim
Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir e rir...”
(Los Hermanos, na canção “Sentimental”)



Pois se é no 'não' que se descobre de verdade
O que te sobra além das coisas casuais?
Me diz se assim está em paz?
Achando que sofrer é amar demais...”
(Los Hermanos, na canção “Sentimental”)



Toda rosa é rosa porque assim ela é chamada
Toda Bossa é nova e você não liga se é usada...”
(Los Hermanos, na canção “Todo Carnaval Tem Seu Fim”)



“A l’heure où les bars se remplissent
Cette même heure où les cœurs se vident...”
(Louane, na canção “Maman”)



“Lá fora eu vejo um mundo
E sinto lá no fundo
Que aqui não é o meu lugar...”
(Luciana Mello, na canção “Borboletas”)



“Eu vi que na verdade
A dor um dia pode ter fim
Achei a liberdade
Ela tava dentro de mim...”
(Luciana Mello, na canção “Borboletas”)



“Eu sou assim
Se você quer ficar
Nunca vai saber onde vou
Eu sou assim
O que parece ser
Não é o que sou, não!
Eu sou assim
Não quero me enganar
Nem te machucar
Mas quando eu for
Não olhe pra mim...”
(Luiza Possi, na canção “Eu Sou Assim”)



“Hoy mi playa se viste de amargura
Porque tu barca tiene que partir
A cruzar otros mares de locura
Cuida que no naufrague en tu vivir...”
(Luiz Miguel, na canção “La Barca”)



“Não se importe tanto assim
Com sua imagem decadente enfim...”
(Luxúria, na canção “Lama”)



“Volta ou vai embora, meu amor
Sem ameaças ensaiadas na frente do espelho
O caminho mais fácil
Nem sempre é melhor que o da dor...”
(Luxúria, na canção “Lama”)



“Dê uma chance pra vida te mostrar
Um jeito menos doloroso de se despedir...”
(Luxúria, na canção “Lama”)



“Já fiz até um testamento
Que não tem nada, nada, nada escrito
Já que a minha maior herança
É a que eu vou levar comigo...”
(Luxúria, na canção "Ódio")



“Esse meu ódio é
O veneno que eu tomo
Querendo que o outro morra...”
(Luxúria, na canção "Ódio")



“E o que fizer é pouco
Se não fizer com coração...”
(Maglore, na canção "Tão Além")



“E eu me pergunto o que é que eu sou
Vai ver eu não sou mesmo nada
E eu me pergunto o que é que eu fiz
Vai ver eu não fiz mesmo nada
Eu penso tanto em desistir
Mas afinal, não ganhei nada...”
(Mallu Magalhães, na canção "Olha Só, Moreno")



“Talvez eu deva ser forte
Pedir ao mar por mais sorte
E aprender a navegar...”
(Mallu Magalhães, na canção "Por Que Você Faz Assim Comigo")



“Eu tenho tido a alegria como dom
Em cada canto vejo o lado bom...”
(Mallu Magalhães, na canção "Velha E Louca")



“Respiro fundo e canto
Mesmo que um tanto rouca...”
(Mallu Magalhães, na canção "Velha E Louca")



“Pode falar, não me importa
O que tenho de torta, eu tenho de feliz...”
(Mallu Magalhães, na canção "Velha E Louca")



“'Cause I can forget about myself
Trying to be everybody else...”
(Mallu Magalhães & Marcelo Camelo, na canção "Janta")



“Eres inevitable, amor
Casi como respirar...”
(Maná, na canção “Amor Clandestino”)



“El universo conspiró, inevitable corazón
Clandestino eterno amor
Pero me duele no gritar tu nombre en toda libertad
Bajo sospecha hay que callar...”
(Maná, na canção “Amor Clandestino”)



“Ella despidió a su amor
Él partió en un barco en el muelle de San Blas
Él juró que volvería
Y empapada en llanto ella juró que esperaría
Miles de lunas pasaron
Y siempre ella estaba en el muelle esperando
(...)
Y el tiempo se escurrió
Y sus ojos se le llenaron de amaneceres
Y del mar se enamoró
Y su cuerpo se enraizó en el muelle
(...)
Nadie la pudo arrancar
Y del mar nunca, jamás la separaron...”
(Maná, na canção “En El Muelle De San Blas”)



“En un mundo de ilusión
Yo estaba desahuciado, yo estaba abandonado
Vivía sin sentido, pero llegaste tú...”
(Maná, na canção “Eres Mi Religión”)



“Amor mutante
Amigos con derecho y sin derecho de tenerte siempre
Y siempre tengo que esperar paciente
El pedazo que me toca de ti...”
(Maná, na canção “Labios Compartidos”)



“Yo soy raton de tu ratonera
Trampa que no mata pero no libera
Vivo muriendo prisionero...”
(Maná, na canção “Mariposa Traicionera”)



“Mariposa traicionera
Todo se lo lleva el viento...”
(Maná, na canção “Mariposa Traicionera”)



“Vuela amor, vuela dolor
Y no regreses a un lado...”
(Maná, na canção “Mariposa Traicionera”)



“Como quisiera poder vivir sin ti
Pero no puedo, siento que muero
Me estoy ahogando sin tu amor...”
(Maná, na canção “Vivir Sin Aire”)



“Como quisiera lanzarte al olvido
Como quisiera guardarte en un cajón
Como quisiera borrarte de un soplido
Me encantaría matar esta canción...”
(Maná, na canção “Vivir Sin Aire”)



“E o mal maior parecia estar
Não dentro de mim
Mas nas mãos de quem tentou me ajudar...”
(Marcelo Bonfá, na canção “A Dama Do Lago”)



“O que era medo hoje é motivo
E os erros são as lições...”
(Marcelo Bonfá, na canção “A Dama Do Lago”)



“Tenho a mim mesmo
E sei que tenho um abrigo
Tenho as minhas asas ainda tão fortes
Que até posso te levar comigo...”
(Marcelo Bonfá, na canção “A Dama Do Lago”)



“Não importa a intenção de se salvar
Pelo bem ou pelo mal
Existe um universo paralelo camuflado
Pelo mundano real...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Aurora Do Subúrbio”)



“O futuro é aprender
A ler aquilo que não está escrito
São pequenos sinais
Nas nuvens, nas estrelas...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Depois Da Chuva”)



“Nessas horas eu chego a acreditar
Que certas vezes o melhor
É se entregar à ilusão...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Depois Da Chuva”)



“Há tando destino diverso
Às vezes avesso ao que vemos...”
(Marcelo Bonfá, na canção “O Veleiro De Cristal”)



“Memórias e sonhos são só ficções
Mistério esse não saber...”
(Marcelo Bonfá, na canção “O Veleiro De Cristal”)



“O silêncio faz a verdade aparecer...”
(Marcelo Bonfá, na canção “O Veleiro De Cristal”)



“Algumas vidas se juntam e se completam
Outras se cruzam sem se tocar...”
(Marcelo Bonfá, na canção “O Veleiro De Cristal”)



“Pois sempre precisei de tanto espaço pra ficar sozinho
Nestas noites que não passam
Eu quem sou que não sou meu coração
Enquanto as árvores dançam
São suas folhas que caem...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Todos Os Sonhos Do Mundo”)



“Às vezes eu quase consigo entender tudo assim
Muita coisa que eu digo é apenas para mim
As coisas mais simples
São mesmo difíceis de se dizer...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Todos Os Sonhos Do Mundo”)



“Quanto vale o esforço de uma vontade
Se temos sempre que remar contra a maré
Vamos então unir as forças e vencer...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Vera Cruz”)



“Os tempos mudam e com eles os desejos
Os temos mudam e com eles as verdades...”
(Marcelo Bonfá, na canção “Vera Cruz”)



“Solidão
Foge que eu te encontro
Que eu já tenho asa
Isso lá é bom?”
(Marcelo Camelo, na canção “Doce Solidão”)



“Vou fingindo ser o que já sou
Mesmo sem me libertar
Eu vou...”
(Marcelo Camelo, na canção “Liberdade”)



“Tem vez que as coisas pesam mais
Do que a gente acha que pode aguentar
Nessa hora fique firme
Pois tudo isso logo vai passar...”
(Marcelo Jeneci, na canção “Felicidade”)



“Ele não é de nada
Essa cara amarrada
É só um jeito de viver
Nesse mundo de mágoas...”
(Maria Rita, na canção “Cara Valente”)



“Não há porque chorar
Por um amor que já morreu
Deixa pra lá
Eu vou, adeus...”
(Maria Rita, na canção “Santa Chuva”)



“Everybody knows
That we live in a world
Where they give bad names
To beautiful things...”
(Marillion, na canção “Beautiful”)



“What are you so afraid of?
Show us what you're made of
Be yourself and be beautiful...”
(Marillion, na canção “Beautiful”)



“Se nada tem um fim
Quem é que fez o não...”
(Marjorie Estiano, na canção “Espirais”)



“Se o tempo sempre tem razão
E tudo sempre vai mudar
Pra que manter os pés no chão
Se todo mundo quer voar?”
(Marjorie Estiano, na canção “Espirais”)



“O tempo passa e com ele passa a dor
Pois tudo passa até o amor...”
(Marjorie Estiano, na canção “Tudo Passa”)



“Eu que nunca discuti o amor
Não vejo como me render
Ah, será que o tempo tem tempo pra amar?
Ou só me quer tão só?”
(Móveis Coloniais de Acaju, na canção “O Tempo”)



“A gente não percebe o amor
Que se perde aos poucos sem virar carinho
Guardar lá dentro amor não impede
Que ele empedre mesmo crendo-se infinito
Tornar o amor real é expulsá-lo de você
Pra que ele possa ser de alguém...”
(Nando Reis, na canção “Quem Vai Dizer Tchau?”)



“Amanhã ou depois
Tanto faz se depois
For nunca mais...”
(Nenhum De Nós, na canção “Amanhã Ou Depois”)



“Não tente encontrar um sentido
A verdade sozinha não é capaz
De explicar tudo o que eu sinto
E as verdades que eu digo
Nas vezes que eu minto pra você...”
(Nenhum De Nós, na canção “Eu Menti”)



“Jesus, don't want me for a sunbeam
Sunbeams are not made like me...”
(Nirvana, na canção “Jesus Doesn't Want Me For A Sunbeam”)



“Slip inside the eye of your mind
Don't you know you might find
A better place to play?”
(Oasis, na canção “Don't Look Back In Anger”)



“Take that look from off your face
Cause you ain't ever gonna burn my heart out...”
(Oasis, na canção “Don't Look Back In Anger”)



“Please don't put your life in the hands
Of a rock'n'roll band
Who'll throw it all away...”
(Oasis, na canção “Don't Look Back In Anger”)



“There are many things
That I would like to say to you
But I don't know how...”
(Oasis, na canção “Wonderwall”)



“Se for mais veloz que a luz
Então escapo da tristeza...”
(Os Paralamas Do Sucesso, na canção “Busca Vida”)



“Ela disse adeus e chorou
Já sem nenhum sinal de amor
(...)
Lágrimas por ninguém
Só porque é triste o fim
Outro amor se acabou...”
(Os Paralamas Do Sucesso, na canção “Ela Disse Adeus”)



“Há quem não veja a onda onde ela está
E nada contra o rio
Todas as formas de se controlar alguém
Só trazem um amor vazio...”
(Os Paralamas Do Sucesso, na canção “Saber Amar”)



“As coisas ficam muito boas
Quando a gente esquece
Mas acontece que eu não esqueci
A sua covardia, a sua ingratidão
A judiaria que você um dia
Fez pro coitadinho do meu coração...”
(Os Serranos, na canção “Judiaria”)



“Quando eu não estiver por perto
Canta aquela música que a gente ria
É tudo que eu cantaria
E quando eu for embora
Você cantará...”
(Oswaldo Montenegro, na canção “Estrelas”)



“Como sem licença o sol
Rompe a barra da noite
Sem pedir perdão
Hoje quem não cantaria
Grita a poesia
E bate o pé no chão...”
(Oswaldo Montenegro, na canção “Intuição”)



“Quanta mudança
Alcança o nosso ser
Posso ser assim
Daqui a pouco não...
(O Teatro Mágico, na canção “...”)



“Se agregar não é segregar
Se agora for, foi-se a hora
Dispensar não é não-pensar
Se saciou, foi-se embora...
(O Teatro Mágico, na canção “...”)



“Esquecer não é perdoar...
(O Teatro Mágico, na canção “...”)



“O que há
É o que é
E o que será
Nascerá...
(O Teatro Mágico, na canção “...”)



“Alumiada estação
Onde as meninas brincando no portão
Tem horas que são senhoras
Tem horas, que horas são?”
(O Teatro Mágico, na canção “Abaçaiado”)



“Abaçaiado
É assim que eu tô
Abraçando a dor
É assim que eu vou...”
(O Teatro Mágico, na canção “Abaçaiado”)



“Alegriado acertou
Que o culpado é o mesmo que inocentou
Somos beijos de partida
E abraço de quem chegou...”
(O Teatro Mágico, na canção “Abaçaiado”)



“Que o teu afeto me afetou é fato
Agora faça-me um favor
Um favor
Por favor...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Fé Solúvel”)



“A razão
É como uma equação de matemática
Tira a prática de sermos
Um pouco mais de nós...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Fé Solúvel”)



“O primeiro senso é a fuga
Bom, na verdade é o medo
Daí então, a fuga...”
(O Teatro Mágico, na canção “Amadurecência”)



“Não dever ao devir
Nunca deixar de ouvir
Com outros olhos...”
(O Teatro Mágico, na canção “Amadurecência”)



“(O retrovisor)
Deixa explícito que se vou pra frente
Coisas ficam para trás
A gente só nunca sabe
Que coisas são essas...”
(O Teatro Mágico, na canção “Amém”)



“Onde já se viu
O mar apaixonado por uma menina?
Quem já conseguiu
Dominar o amor?
Por que é que o mar
Não se apaixona por uma lagoa?
Por que é que a gente nunca sabe
De quem vai gostar?”
(O Teatro Mágico, na canção “Ana E O Mar”)



“Quero você inteira
E minha metade de volta...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Pedra Mais Alta”)



“Criamos o certo e o errado
E o orgulho pra nos esconder
Do que prevalece em nós...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Primeira Semana”)



“Antes do inteiro, a metade
Um'outra parte de nós...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Primeira Semana”)



“Antes do voo, o tombo
Luta pra não chorar
Antes tarde do que nunca
Pra nunca mais demorar...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Primeira Semana”)



“Antes do homem, o medo
Antes do medo, o amor
Antes do amor, a dúvida
Pois nem Deus sabe quem criou
E o que prevalece em nós...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Primeira Semana”)



“E tudo que eu criar pra mim
Vai me abraçar de novo semana que vem...”
(O Teatro Mágico, na canção “A Primeira Semana”)



“Viva a tua maneira
Não perca a estribeira
Saiba do teu valor...”
(O Teatro Mágico, na canção “Camarada D'Água”)



“Você é riacho
E acho que teu rio corre pra longe do meu mar
Mar marvado seria o rio
Que correndo do meu riacho
Levaria o que acho
Pra onde ninguém pode achar...”
(O Teatro Mágico, na canção “Camarada D'Água”)



“O medo amplia distâncias
Seu sintoma é o amordaçar
Inspira, instiga insegurança
Onde alcança e onde não há...”
(O Teatro Mágico, na canção “Certa Solução”)



“Saudade é vontade
Não só lembrança
Perdão não é doer
É doar...”
(O Teatro Mágico, na canção “Certa Solução”)



“Criador e criatura
Cria a dor, cria e atura...”
(O Teatro Mágico, na canção “Cidadão de Papelão”)



“Qual é
A atitude que cê toma?
Qual é?
Porque a cerveja eu já sei
Qual é...”
(O Teatro Mágico, na canção “Comercial”)



“Eu acho que tenho certeza
Daquilo que eu quero agora
Daquilo que mando embora
Daquilo que me demora...”
(O Teatro Mágico, na canção “Criado-Mudo”)



“E quando eu vou
É quando eu acho
Que onde é que eu tô
É pouco e tanto faz...”
(O Teatro Mágico, na canção “Criado-Mudo”)



“E a história
Que nem passou por nós
Direito ainda
Pra onde é que foi?”
(O Teatro Mágico, na canção “Criado-Mudo”)



“Pra falar verdade, às vezes minto
Tentando ser metade do inteiro que eu sinto
Pra dizer as vezes que às vezes não digo
Sou capaz de fazer da minha briga meu abrigo
'Tanto faz' não satisfaz o que preciso
Além do mais, quem busca nunca é indeciso...”
(O Teatro Mágico, na canção “Cuida De Mim”)



“Basta as penas que eu mesmo sinto de mim
Junto todas, crio asas, viro querubim...”
(O Teatro Mágico, na canção “Cuida De Mim”)



“A paz passou dizendo:
'Não tenha medo, posso me atrasar'...”
(O Teatro Mágico, na canção “Da Luta”)



“Quiçá nosso destino
Decida descansar
Nos confiando a travessia...”
(O Teatro Mágico, na canção “Da Luta”)



“Falo coisas que às vezes não faço
Sou boneca, sou palhaço
Ponto de interrogação...”
(O Teatro Mágico, na canção “Folia No Meu Quarto”)



“Morrer
De vontade de viver
Assim
Arriscando...”
(O Teatro Mágico, na canção “Mãos Aos Desolados”)



“No nosso livro, a nossa história
É faz de conta ou é faz acontecer?
Acontecerá...”
(O Teatro Mágico, na canção “Nosso Pequeno Castelo”)



“O corpo ocupa
O corpo não é culpa...”
(O Teatro Mágico, na canção “O Corpo, A Culpa, O Espaço”)



“Que corpo é esse
Que já não se aguenta?
Que se esgota
E não se resgata?
Aqui
Por enquanto
É tudo ainda...”
(O Teatro Mágico, na canção “O Corpo, A Culpa, O Espaço”)



“Me mato pra não morrer...”
(O Teatro Mágico, na canção “O Mérito E O Monstro”)



“E a justiça onde vai?
D'onde vem?
Quem a escreve é a favor de quem?”
(O Teatro Mágico, na canção “O Sol E A Peneira”)



“Por isso não esqueça:
Onde sobra intolerância
Falta inteligência!”
(O Teatro Mágico, na canção “O Sol E A Peneira”)



“A vida não é fácil
É 'Faça!'...”
(O Teatro Mágico, na canção “Outrora E Agora”)



“O dia mente a cor da noite
E o diamante, a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente...”
(O Teatro Mágico, na canção “O Anjo Mais Velho”)



“Como feijão e arroz
Que só se encontram depois
De abandonar a embalagem
Mas como entender que os dois
Por serem feijão e arroz
Se encontram só de passagem?”
(O Teatro Mágico, na canção “Pratododia”)



“Quando há ferrugem
No meu coração de lata
É quando a fé ruge
E o meu coração dilata...”
(O Teatro Mágico, na canção “Quando A Fé Ruge”)



“Os opostos se distraem
Os dispostos se atraem...”
(O Teatro Mágico, na canção “Realejo”)



“Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero
Sobram tantas meias verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo...”
(O Teatro Mágico, na canção “Sobra Tanta Falta”)



“Sei lá se o que me deu foi dado
Sei lá se o que me deu já é meu
Sei lá se o que me deu foi dado ou se é seu
Vai saber se o que me deu quem sabe
Vai saber, quem souber me salve...”
(O Teatro Mágico, na canção “Sobra Tanta Falta”)



“Borboleta parece flor
Que o vento tirou pra dançar...”
(O Teatro Mágico, na canção “Sonho De Uma Flauta”)



“Descobrir o verdadeiro sentido das coisas
É querer saber demais...”
(O Teatro Mágico, na canção “Sonho De Uma Flauta”)



“Enquanto pessoas perguntam 'Por quê?'
Outras pessoas perguntam 'Por que não?'...”
(O Teatro Mágico, na canção “Xanéu N° 5”)



“Quem tem medo
Assimila toda forma de expressão
Como protesto...”
(O Teatro Mágico, na canção “Xanéu N° 5”)



“Num passado remoto
Perdi meu controle...”
(O Teatro Mágico, na canção “Xanéu N° 5”)



“Quem te viu
Pay-per-view...”
(O Teatro Mágico, na canção “Xanéu N° 5”)



“Eu não sei se pay-per-view
Ou se quem viu tudo fui eu...”
(O Teatro Mágico, na canção “Xanéu N° 5”)



“Acredito que errado
É aquele que fala correto
E não vive o que diz...”
(O Teatro Mágico, na canção “Zaluzejo”)



“Nunca sei o que se passa
Com as manias do lugar
Porque sempre parto antes
Que comece a gostar de ser igual
Qualquer um
Me sentir mais uma peça no final...”
(Pato Fu, na canção “Antes Que Seja Tarde”)



“Na verdade continuo sob a mesma condição
Distraindo a verdade, enganando o coração...”
(Pato Fu, na canção “Antes Que Seja Tarde”)



“Eu quis ser eu mesmo
Eu quis ser alguém
Mas sou como os outros
Que não são ninguém...”
(Pato Fu, na canção “Perdendo Dentes”)



“Acho que eu fico mesmo diferente
Quando eu falo tudo o que penso realmente
Mostro a todo mundo que eu não sei quem sou
E uso as palavras de um perdedor...”
(Pato Fu, na canção “Perdendo Dentes”)



“Das brigas que ganhei
Nem um troféu
Como lembrança
Pra casa eu levei
As brigas que perdi
Estas sim
Eu nunca esqueci...”
(Pato Fu, na canção “Perdendo Dentes”)



“Vai diminuindo a cidade
Vai aumentando a simpatia
Quanto menor a casinha
Mais sincero o bom dia...”
(Pato Fu, na canção “Simplicidade”)



“Sua meta
É a seta no alvo
Mas o alvo
Na certa não te espera...”
(Paulinho Moska, na canção “A Seta E O Alvo”)



“Eu lanço minha alma no espaço
Você pisa os pés na terra
Eu experimento o futuro
E você só lamenta não ser o que era...”
(Paulinho Moska, na canção “A Seta E O Alvo”)



“Eu quero saber a verdade
E você se preocupa em não se machucar...”
(Paulinho Moska, na canção “A Seta E O Alvo”)



“Então me diz qual é a graça
De já saber o fim da estrada
Quando se parte rumo ao nada...”
(Paulinho Moska, na canção “A Seta E O Alvo”)



“Todo dia é dia de aprender um pouco
Do muito que a vida traz...”
(Paulinho Moska, na canção “Muito Pouco”)



“Mas muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louco
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouco
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais...”
(Paulinho Moska, na canção “Muito Pouco”)



“Simplesmente seja
O que você julgar ser o melhor
Mas lembre-se
Que tudo que começa com muito
Pode acabar muito pior...”
(Paulinho Moska, na canção “Muito Pouco”)



“Poderia se chamar silêncio
Porque minha dor é calada e meu desejo é mudo
E poderia simplesmente não se chamar
Para não significar nada e dar sentido a tudo...”
(Paulinho Moska, na canção “Não Deveria Se Chamar Amor”)



“Meu amor
O que você faria
Se só te restasse um dia?
Se o mundo fosse acabar
Me diz o que você faria
(...)
Abria a porta do hospício
Trancava a da delegacia...”
(Paulinho Moska, na canção “O Último Dia”)



“Se eu não sei o nome do que sinto
Não tem nome que domine o meu querer...”
(Paulinho Moska, na canção “Sem Dizer Adeus”)



“I know you'll be a star
In somebody else's sky
But why, why
Why can't it be
Can't it be mine?...”
(Pearl Jam, na canção “Black”)



“E aquele alquimista nada a ver
Viagens no diário de um mago
Mais falso que um Menudo
Essa idolatria por Raul
Parece aquela velha opinião formada sobre tudo...”
(Pedra Letícia, na canção “Eu Não Toco Raul”)



“Sometimes I think that it's better
To never ask why...”
(Pink, na canção “Try”)



“Where there is desire
There is gonna be a flame
Where there is a flame
Someone's bound to get burned
But just because it burns
Doesn't mean you're gonna die
You gotta get up and try...”
(Pink, na canção “Try”)



“Why do we fall in love so easy
Even when it's not right?”
(Pink, na canção “Try”)



“When you're out there
Doin' what you're doin'
Are you just getting by?”
(Pink, na canção “Try”)



“Did you exchange
A walk on part in the war
For a lead role in a cage?”
(Pink Floyd, na canção “Wish You Were Here”)



“Tira a máscara que cobre o seu rosto
Se mostre e eu descubro se eu gosto
Do seu verdadeiro jeito de ser...”
(Pitty, na canção “Máscara”)



“O importante é ser você
Mesmo que seja estranho
Seja você...”
(Pitty, na canção “Máscara”)



“Será que eu já posso enlouquecer
O devo apenas sorrir?”
(Pitty, na canção “Me Adora”)



“Não importa se não sou o que você quer
Não é minha culpa sua projeção...”
(Pitty, na canção “Me Adora”)



“Te vejo errando e isso não é pecado
Exceto quando faz outra pessoa sangrar...”
(Pitty, na canção “Na Sua Estante”)



“Não deixe nada pra depois
Não deixe o tempo passar
Não deixe nada pra semana que vem
Porque semana que vem
Pode nem chegar...”
(Pitty, na canção “Semana Que Vem”)



“Quem não tem teto de vidro
Que atire a primeira pedra...”
(Pitty, na canção “Teto De Vidro”)



“Sugerindo soluções, discutindo relações
Bem certos que a verdade cabe na palma da mão
Mas isso não é uma questão de opinião
E isso é só uma questão de opinião...”
(Pitty, na canção “Teto De Vidro”)



“Mama
I don't wanna die
I sometimes wish I'd never been born at all...”
(Queen, na canção “Bohemian Rhapsody”)



“Nothing really matters
Anyone can see
Nothing really matters
Nothing really matters to me
Anyway the wind blows...”
(Queen, na canção “Bohemian Rhapsody”)



“I feel so romantic
Can we do it again?”
(Queen, na canção “Seaside Rendezvous”)



“Amor só dura em liberdade
O ciúme é só vaidade...”
(Raul Seixas, na canção “A Maçã”)



“Eu sou estrela no abismo do espaço
O que eu quero é o que eu penso e o que eu faço...”
(Raul Seixas, na canção “Eu Sou Egoísta”)



“Eu vou sempre avante no nada infinito
Flamejando meu rock, o meu grito
Minha espada é a guitarra na mão...”
(Raul Seixas, na canção “Eu Sou Egoísta”)



“Eu quero é ter tentação no caminho
Pois o homem é o exercício que faz...”
(Raul Seixas, na canção “Eu Sou Egoísta”)



“Eu sei que o mais puro gosto do mel
É apenas defeito do fel...”
(Raul Seixas, na canção “Eu Sou Egoísta”)



“O que eu como a prato pleno
Bem pode ser o seu veneno
Mas como vai você saber sem tentar?”
(Raul Seixas, na canção “Eu Sou Egoísta”)



“'Cause Jesus Christ, man
Won't be coming back no more...”
(Raul Seixas, na canção “How Could I Know”)



“It's been too long now
Since the latest 'reb' has gone
Who knows you'll be the next
To go down in History?”
(Raul Seixas, na canção “How Could I Know”)



“Não quero ser o dono da verdade
Pois a verdade não tem dono, não...”
(Raul Seixas, na canção “Let Me Sing, Let Me Sing”)



“Enquanto você se esforça pra ser
Um sujeito normal e fazer tudo igual
Eu do meu lado aprendendo a ser louco
Um maluco total, na loucura geral...”
(Raul Seixas, na canção “Maluco Beleza”)



“E esse caminho que eu mesmo escolhi
É tão fácil seguir
Por não ter onde ir...”
(Raul Seixas, na canção “Maluco Beleza”)



“Eu não posso entender
Tanta gente aceitando a mentira
De que os sonhos desfazem
Aquilo que o padre falou
Porque quando eu jurei meu amor
Eu traí a mim mesmo
Hoje eu sei
Que ninguém neste mundo é feliz
Tendo amado uma vez...”
(Raul Seixas, na canção “Medo Da Chuva”)



“Prefiro ser essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes
Prefiro ser essa metamorfose ambulante...”
(Raul Seixas, na canção “Metamorfose Ambulante”)



“E o ladrão não saiu para roubar
Pois sabia que não ia ter onde gastar
(...)
E o professor não saiu pra lecionar
Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar
(...)
E o doutor não saiu pra medicar
Pois sabia que não tinha mais doença pra curar...”
(Raul Seixas, na canção “O Dia Em Que A Terra Parou”)



“Eu devia estar feliz
Pelo Senhor ter me concedido o domingo
Pra ir com a família no jardim zoológico
Dar pipocas aos macacos
Ah, mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro, jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco...”
(Raul Seixas, na canção “Ouro De Tolo”)



“É você olhar no espelho
Se sentir um grandessíssimo idiota
Saber que é humano, ridículo, limitado
E que só usa 10% de sua cabeça animal
E você ainda acredita que é um doutor, padre ou policial
Que está contribuindo com sua parte
Para o nosso belo quadro social...”
(Raul Seixas, na canção “Ouro De Tolo”)



“Com toda essa força contida
E que vive guardada
O eco de suas palavras
Não repercute em nada...”
(Raul Seixas, na canção “Por Quem Os Sinos Dobram”)



“É sempre mais fácil
Achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão
De um possível aliado...”
(Raul Seixas, na canção “Por Quem Os Sinos Dobram”)



“Tente!
E não diga que a vitória está perdida
Se é de batalhas que se vive a vida
Tente outra vez!”
(Raul Seixas, na canção “Tente Outra Vez”)



“Pay your surgeon very well
To break the spell of aging
Celebrity skin, is this your chin
Or is that war your waging?”
(Red Hot Chili Peppers, na canção “Californication”)



“When it’s killing me
What do I really need
All that I need to look inside?”
(Red Hot Chili Peppers, na canção “Snow (Hey oh)”)



“The more I see the less I know
The more I like to let it go...”
(Red Hot Chili Peppers, na canção “Snow (Hey oh)”)



“I've said too much
I haven't said enough...”
(R.E.M., na canção “Losing My Religion”)



“So I would choose to be with you
That's if the choice were mine to make
But you can make decisions too
And you can have this heart to break...”
(Renato Russo, na canção “And So It Goes”)



“Não me entregue o seu ódio
Sua crise existencial
Preliminares não me atingem
O que interessa é o final
E não me venha com problemas
Sinta sozinho o seu mal...”
(Renato Russo, na canção “Boomerang Blues”)



“Eu tenho cicatrizes
Mas eu não me importo não
Melhor do que a sua ferida aberta
E o sangue ruim do seu coração...”
(Renato Russo, na canção “Boomerang Blues”)



“Anche il mio cane si fa forte
E abbaia alla malinconia...”
(Renato Russo, na canção “E Tu Come Stai?”)



“Non siamo
Angeli in volo venuti dal cielo
Ma gente comune che ama davvero
Gente che vuole un mondo più vero
La gente che insieme lo cambierà...”
(Renato Russo, na canção “Gente”)



“E imparerai che per morire ti basterà un tramonto
In una gioia che fa male di più della malinconia
Ed in qualunque sera ti troverai non ti buttare via
E non lasciare andare un giorno per ritrovar te stesso...”
(Renato Russo, na canção “La Vita È Adesso”)



“Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo...”
(Renato Russo, na canção “Mais Uma Vez”)



“Quem acredita sempre alcança!”
(Renato Russo, na canção “Mais Uma Vez”)



“Le canzoni non si scrivono
Mas nascono da sé...”
(Renato Russo, na canção “Passerà”)



“Più vivi e meno sai...”
(Renato Russo, na canção “Più O Meno”)



“Se poi scopri che il male tuo
È dentro di te...”
(Renato Russo, na canção “Più O Meno”)



“Strani amori mettono nei guai
Ma, in realtà, siamo noi...”
(Renato Russo, na canção “Strani Amori”)



“The more I know, the less I understand
All the things I thought I figured out
I had to learn again...”
(Renato Russo, na canção “The Heart Of The Matter”)



“How can love survive in such a graceless age?”
(Renato Russo, na canção “The Heart Of The Matter”)



“The trust and self-assurance
That lead to happiness
They're the very things we kill, I guess
Pride and competition
Cannot fill these empty arms...”
(Renato Russo, na canção “The Heart Of The Matter”)



“Better put it all behind you
Life goes on
You keep carryin' that anger
It'll eat you up inside...”
(Renato Russo, na canção “The Heart Of The Matter”)



“Minha cabeça aguenta
E esquenta, esquenta
Minha vontade é gritar
Minha vontade é gritar você...”
(Roberta Campos, na canção “Para Aquelas Perguntas Tortas”)



“Como escutas?!
Como andas?!
Como lidas com a solidão?!
Como liga?!
Como faço?!
Como chego?!
Como vão?!
Como amas?!
Quando amas?!
Seja hoje ou seja não...”
(Roberta Campos, na canção “Como?!”)



“Closing time
You don't have to go home
But you can't stay here...”
(Semisonic, na canção "Closing Time")



“Closing time
Every new beginning
Comes from some other beginning's end...”
(Semisonic, na canção "Closing Time")



“If your feelings fall apart
And you can't sustain your heart
It's time to realise what you really are...”
(Shaaman, na canção "Blind Spell")



“Sometimes we hide inside a hole and fade away
We turn to stone
And let the weather carve its traces
To open our eyes one day...”
(Shaaman, na canção "Blind Spell")



“Help me, help me to open my eyes someday...”
(Shaaman, na canção "Blind Spell")



“Two grey smoky clouds arise
Inside your black eyes
Day after day and still you wonder
How to overcome it all and never lose the hope...”
(Shaaman, na canção "Distant Thunder")



“Evening falls weighing on your shoulders
Like your feelings inside...”
(Shaaman, na canção "Distant Thunder")



“Life is short and wait is long...”
(Shaaman, na canção "Fairy Tale")



“Fairy lady, your love is long gone
Oh darling
Hear my soul and heed my cry
Cause all my crying may flood a river in my heart...”
(Shaaman, na canção "Fairy Tale")



“Oh darling
Hear my soul and heed my cry
Cause all my crying may flood an ocean in my heart...”
(Shaaman, na canção "Fairy Tale")



“Oh… Life is good...
As good as a kiss...”
(Shaaman, na canção "Fairy Tale")



“What's left around me
It's all so strange, it's all so dark
I'm all alone here
To mend the peaces of my heart...”
(Shaaman, na canção "Fairy Tale")



“Roll with the clouds,
Sing with the birds,
'Cos one day we'll have to say goodbye...”
(Shaaman, na canção "For Tomorrow")



“Walk along, marching on for tomorrow
In this neverending way...”
(Shaaman, na canção "For Tomorrow")



“Is this a life or just a game to lose or win?”
(Shaaman, na canção "Here I Am")



“There will come a time to understand...”
(Shaaman, na canção "Here I Am")



“I lost my innocence
I'm on my way
Across the desert
To rescue what I sent
Out of my heart away...”
(Shaaman, na canção "Innocence")



“One thing I know
I want more...”
(Shaaman, na canção "More")



“You won't get what you deserve
You are what you take...”
(Shaaman, na canção "More")



“It's good to feel that you're alive
But life will get along to something larger than me...”
(Shaaman, na canção "Over Your Head")



“I wanna tear through the sky
And be the very first to die...”
(Shaaman, na canção "Over Your Head")



“You betray yourself
When you think that you're someone else...”
(Shaaman, na canção "Pride")



“Someday I'll understand my dreams so deep inside
And then I'm free again to leave the pain behind...”
(Shaaman, na canção "Pride")



“Someday I'm gone away with nothing but my pride...”
(Shaaman, na canção "Pride")



“You forgive yourself
When you know that you're someone else...”
(Shaaman, na canção "Pride")



“Once again the fate has crossed our ways
As the fire burns away...”
(Shaaman, na canção "Ritual")



“I can read the promise in your mind
To yourself again, that you will play the strong one
But you burn inside, you bleed inside
So you remain the same…”
(Shaaman, na canção "Time Will Come")



“Someday you'll be gone
Where to, you'll never know...
See you there!”
(Shaaman, na canção "Time Will Come")



“¿Dime, acaso a dónde vas
Ahora que no estoy?
¿Dime, acaso a dónde voy
Ahora que no estás?”
(Shakira, na canção “Que Vuelvas”)



“I messed up tonight
I lost another fight
I still messed up but I'll just start again...”
(Shakira, na canção “Try Everything”)



“Birds don't just fly
They fall down and get up
Nobody learns without getting it wrong...”
(Shakira, na canção “Try Everything”)



“I wanna try even though I could fail...”
(Shakira, na canção “Try Everything”)



“Look how far you've come
You've filled your heart with love
Baby you've done enough
Take a deep breath
Don't beat yourself up
Don't need to run so fast
Sometimes we come last
But we did our best...”
(Shakira, na canção “Try Everything”)



“Pick yourself up
And dust yourself off
And back in the saddle...”
(Shakira, na canção “Waka Waka”)



“When you fall, get up
And if you fall, get up...”
(Shakira, na canção “Waka Waka”)



“If you get down, get up
When you get down, get up...”
(Shakira, na canção “Waka Waka”)



“Butterflies are free to fly
And so they fly away...”
(Sheryl Crow & Sting, na canção “Always On Your Side”)



“If butterflies are free to fly
Why do they fly away?”
(Sheryl Crow & Sting, na canção “Always On Your Side”)



“You shout it out
But I can't hear a word you say
I'm talking loud
Not saying much...”
(Sia, na canção “Titanium”)



“Hello, darkness, my old friend
I've come to talk with you again...”
(Simon & Garfunkel, na canção “The Sound Of Silence”)



“And the sign said
The words of the prophets
Are written on the subway walls
And tenement halls
And whispered in the sound of silence...”
(Simon & Garfunkel, na canção “The Sound Of Silence”)



“Eu não posso te ajudar
Esse caminho não há outro
Que por você faça
Eu queria insistir
Mas o caminho só existe
Quando você passa...”
(Skank, na canção “Acima Do Sol”)



“Se a sorte lhe sorriu
Por que não sorrir de volta?
Você nunca olha a sua volta...”
(Skank, na canção “Acima Do Sol”)



“Eu disse pra ele
'Camarada
Acredito em tanta coisa que não vale nada'...”
(Skank, na canção “Canção Noturna”)



“Se o país não for pra cada um
Pode estar certo
Não vai ser pra nenhum...”
(Skank, na canção “Esmola”)



“Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou pra trás também
O que nos juntou...”
(Skank, na canção “Resposta”)



“Eu digo que eu sou
O antigo do que vai adiante...”
(Skank, na canção “Resposta”)



“Os deuses vendem quando dão...”
(Skank, na canção “Três Lados”)



“É, não quero hora pra voltar, não
Conheço bem a solidão, me solta
E deixa a sorte me buscar...”
(Skank, na canção “Vou Deixar”)



“Vou me esquecer de mim
E você, se puder, não me esqueça...”
(Skank, na canção “Vou Deixar”)



“Tout le monde sait comment on fait les bébés
Mais personne sait comment on fait des papas...”
(Stromae, na canção “Papaoutai”)



“Life is a waterfall
We're one in the river
And one again after the fall...”
(System Of A Down, na canção “Aerials”)



“When you lose small mind
You free your life...”
(System Of A Down, na canção “Aerials”)



“All the lonely people
Where do they all come from?
All the lonely people
Where do they all belong?”
(The Beatles, na canção “Eleanor Rigby”)



“You say why
And I say I don't know...”
(The Beatles, na canção “Hello, Goodbye”)



“I don't know why
You say goodbye I say hello...”
(The Beatles, na canção “Hello, Goodbye”)



“Life is very short
And there's no time
For fussing and fighting, my friend...”
(The Beatles, na canção “We Can Work It Out”)



“When they kick at your front door
How you gonna come?
With your hands on your head
Or on the trigger of your gun?”
(The Clash, na canção “The Guns Of Brixton”)



“And now I tell you openly
You have my heart
So don't hurt me...”
(The Cranberries, na canção “Dreamns”)



“I feel so nervous
When I think of yesterday
How could I let things get to me so bad?
How did I let things get to me?”
(The Cranberries, na canção “Dying In The Sun”)



“How could you touch something
So innocent and pure, obscure?
How could you get satisfaction
From the body of a child?
You're vile, sick...”
(The Cranberries, na canção “Fee Fi Fo”)



“It's true what people say
God protect the ones
Who help themselves in their own way
I often wonder to myself
Who protects the ones
Who can't protect themselves?”
(The Cranberries, na canção “Fee Fi Fo”)



“Does anyone care?”
(The Cranberries, na canção “Ode To My Family”)



“Can you hold on
While I take hold of myself?”
(The Cranberries, na canção “Saving Grace”)



“At times of war
We're all losers
There's no victory...”
(The Cranberries, na canção “War Child”)



“I don't pay attention
To the ones who never cared
Find your own direction...”
(The Cranberries, na canção “You And Me”)



“When the violence causes silence
We must be mistaken...”
(The Cranberries, na canção “Zombie”)



“The same old story again
All those tears shed in vain
Nothing learnt and nothing gained
Only hope remains...”
(The Farm, na canção “All Together Now”)



“So if you're lonely
Why'd you say you're not lonely?”
(The Fratellis, na canção “Whistle For The Choir”)



“And know me
No, you don't even know me
You're so sweet to try...”
(The Fratellis, na canção “Whistle For The Choir”)



“And I must confess
My heart's in broken pieces and my head's a mess...”
(The Fratellis, na canção “Whistle For The Choir”)



“So if you're crazy
I don't care, you amaze me...”
(The Fratellis, na canção “Whistle For The Choir”)



“You talk, I die, you smile, you laugh, I cry
And only a girl like you could be lonely
And it's a crying shame if you would think the same
A boy like me's just irresistible...”
(The Fratellis, na canção “Whistle For The Choir”)



“The world is a bad place, a bad place
A terrible place to live
Oh, but I don't wanna die...”
(The Marmalade, na canção “Reflections Of My Life”)



“I say the right things
But act the wrong way
I like it right here
But I cannot stay...”
(The Strokes, na canção “Hard To Explain”)



“Que vês?
Que vês quando me vês?
Quando a mentira acabará?”
(Tihuana, na canção “Que Vês”)



“A prece pra Deus pode nos enganar
O bem e o mal ainda podem se encontrar
O fim se aproxima com vistas para o mar
Cruzando a vida sem se preocupar...”
(Tihuana, na canção “Que Vês”)



“Meu bem, me desculpe
Não quis te ferir
Mas dizer a verdade
É melhor que mentir...”
(Titãs, na canção “Insensível”)



“Não há guarda-chuva
Contra o amor...”
(Titãs, na canção “Nem Cinco Minutos Guardados”)



“Eu estou no meio da rua
Você está no meio de tudo...”
(Titãs, na canção “Nem Cinco Minutos Guardados”)



“Eu não quero mais mentir
Usar espinhos que só causam dor...”
(Titãs, na canção “Os Cegos Do Castelo”)



“Porque eu sei que é amor
Eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor
Eu não peço nenhuma prova...”
(Titãs, na canção “Porque Eu Sei Que É Amor”)



“Eu sei que é pra sempre
Enquanto durar
Eu peço somente
O que eu puder dar...”
(Titãs, na canção “Porque Eu Sei Que É Amor”)



“Não dá pra imaginar quando
É cedo ou tarde demais
Pra dizer adeus, pra dizer jamais...”
(Titãs, na canção “Pra Dizer Adeus”)



“Scusa se non parlo piano
Ma se non urlo muoio...”
(Titãs, na canção “Pra Dizer Adeus”)



“E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença muda nossa vida
E depois convida a rir ou chorar
Nessa estrada não nos cabe
Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe
Bem ao certo onde vai dar
Vamos todos numa linda passarela
De uma aquarela
Que um dia, enfim
Descolorirá...”
(Toquinho, na canção “Aquarela”)



“Maybe if I told you
The right words
At the right time
You'd be mine...”
(Tracy Chapman, na canção “Baby, Can I Hold You Tonight”)



“Já sei aonde ir
Já sei onde ficar
Agora só me falta sair...”
(Tribalistas, na canção “Já Sei Namorar”)



“Não tenho paciência pra televisão
Eu não sou audiência para a solidão...”
(Tribalistas, na canção “Já Sei Namorar”)



“Eu sou de ninguém
Eu sou de todo mundo
E todo mundo me quer bem
Eu sou de ninguém
Eu sou de todo mundo
E todo mundo é meu também...”
(Tribalistas, na canção “Já Sei Namorar”)



“Já sei chutar a bola
Agora só me falta ganhar
Não tenho juiz
Se você quer a vida em jogo
Eu quero é ser feliz...”
(Tribalistas, na canção “Já Sei Namorar”)



“Se você não passa no morro
Eu quase morro!
Eu quase morro!”
(Tribalistas, na canção “Passe Em Casa”)



“Nothing changes on New Year's Day...”
(U2, na canção “New Year's Day”)



“And so we are told this is the golden age
And gold is the reason for the wars we wage
Though I want to be with you
Be with you night and day
Nothing changes on New Year's Day...”
(U2, na canção “New Year's Day”)



“I'm not the only one
Staring at the sun
Afraid of what you'd find
If you take a look inside
Not just deaf and dumb
I'm staring at the sun
Not the only one
Who's happy to go blind...”
(U2, na canção “Staring At The Sun”)



“There's an insect in your ear
If you scratch it won't disappear...”
(U2, na canção “Staring At The Sun”)



“Will we ever live in peace?”
(U2, na canção “Staring At The Sun”)



“God is good but will he listen?”
(U2, na canção “Staring At The Sun”)



“I'm not afraid
Of anything in this world
There's nothing you can throw at me
That I haven't already heard...”
(U2, na canção “Stuck In A Moment You Can't Get Out Of”)



“You've got stand up straight
Carry your own weight
These tears are going nowhere, baby...”
(U2, na canção “Stuck In A Moment You Can't Get Out Of”)



“I know it's tough
And you can never get enough
Of what you don't really need now...”
(U2, na canção “Stuck In A Moment You Can't Get Out Of”)



“I wasn't jumping, for me it was a fall
It's a long way down to nothing at all...”
(U2, na canção “Stuck In A Moment You Can't Get Out Of”)



“And if the night runs over
And if the day won't last
And if your way should falter
Along the stony pass
It's just a moment
This time will pass...”
(U2, na canção “Stuck In A Moment You Can't Get Out Of”)



“I can't live
With or without you...”
(U2, na canção “With Or Without You”)



“Nothing to win and
Nothing left to lose...”
(U2, na canção “With Or Without You”)



“Say it once, say it twice
Just say it anyway you like it
Just say it tonight
'Cause you know that tomorrow's gonna be too late...”
(Ultra, na canção “Say It Once”)



“Forget the times you just skimmed by
What fate can't see she can't decide...”
(Val Emmich, na canção “I Don't Wanna Go Home”)



“I open my mouth and contradictions flutter out
I am trying to stay calm but I just want to shout...”
(Val Emmich, na canção “I Don't Wanna Go Home”)



“Morro de saudade, a culpa é sua...”
(Vander Lee, na canção "Contra O Tempo")



“Eu queria viver morrendo em sua teia
Seu sangue correndo em minha veia
Seu cheiro morando em meus pulmões
Cada dia que passo sem sua presença
Sou um presidiário cumprindo sentença
Sou um velho diário perdido na areia
Esperando que você me leia
Sou pista vazia esperando aviões
Sou o lamento no canto da sereia
Esperando o naufrágio das embarcações...”
(Vander Lee, na canção "Esperando Aviões")



“Não me peça pra ficar
Só porque você não quer me acompanhar...”
(Vander Lee, na canção "Fui")



“Não me cale, amor
Que a vida da gente é uma eterna canção por compôr...”
(Vander Lee, na canção "Fui")



“É porque desejo mais que eu vou...”
(Vander Lee, na canção "Fui")



“Vem, me tire pra dançar
Essa dança não é fácil de se acompanhar
Não que falte amor
No tempo, no espaço a gente ainda pode criar
Deixo a vida te levar
Que as luzes se acendam e que a gente possa brilhar
Mas, cuidado, amor
Que as mãos que te estendem tapete
Não possam puxar...”
(Vander Lee, na canção "Fui")



“Respeite os traumas
Dessa trajetória...”
(Vander Lee, na canção "Não Tenho Pressa")



“O dedo invisível do tempo
Modelando nosso destino
No barro da vida é um velho
Girando, virando menino...”
(Vander Lee, na canção "O Dedo Invisível Do Tempo No Barro Da Vida")



“Sabe o que eu queria agora, meu bem?
Sair, chegar lá fora e encontrar alguém
Que não me dissesse nada
Não me perguntasse nada também...”
(Vander Lee, na canção "Onde Deus Possa Me Ouvir")



“Sabe o que eu mais quero agora, meu amor?
(...)
Entender porque se agridem
Se empurram pro abismo
Se debatem, se combatem sem saber...”
(Vander Lee, na canção "Onde Deus Possa Me Ouvir")



“Minha dor
Eu não consigo compreender
Eu quero algo pra beber
Me deixe aqui, pode sair
Adeus...”
(Vander Lee, na canção "Onde Deus Possa Me Ouvir")



“Felicidade bate a porta e ainda ri de mim...”
(Vander Lee, na canção "Pensei Que Fosse O Céu")



“Romântico é uma espécie em extinção...”
(Vander Lee, na canção "Românticos")



“Nem tudo que tenho mereço
(...)
Nem toda regra, exceção
(...)
Nem tudo que é dor me consome
(...)
Nem tudo que sobra é lixão...”
(Vander Lee, na canção "Seção 32")



“Nem tudo que fito é o que vejo
Nem tudo bonito eu almejo
Nem tudo que excita é desejo
Nem todo desejo é tesão...”
(Vander Lee, na canção "Seção 32")



“Nem tudo que ganho é o que valho...”
(Vander Lee, na canção "Seção 32")



“Quando quiser entrar
E encontrar o trinco trancado
Saiba que meu coração é um barraco de zinco
Todo cuidado......”
(Vander Lee, na canção "Seu Nome")



“Por que você não vem me dar amor?
Por que você não vem pra mim?
Eu não sou a garota de Ipanema
Mas você também não é um Tom Jobim...”
(Vander Lee, na canção "Subindo A Ladeira")



“Não me deixe só
Que eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...”
(Vanessa da Mata, na canção "Não Me Deixe Só")



“Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor...”
(Vanessa Da Mata, na canção "Não Me Deixe Só")



“Quero gosto sincero de amor...”
(Vanessa Da Mata, na canção "Não Me Deixe Só")



“Fique mais
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem...”
(Vanessa Da Mata, na canção "Não Me Deixe Só")



“Eu sou de paz
Eu sou do bem
Mas não me deixe só...”
(Vanessa Da Mata, na canção "Não Me Deixe Só")



“Prometo te querer
Até o amor cair doente
Prefiro então partir
A tempo de poder
A gente se desvencilhar da gente...”
(Verônica Sabino, na canção "Todo Sentimento")



“She's getting tired of her high class toys
And all her presents from her uptown boys
She's got a choice...”
(Westlife, na canção "Uptown Girl")



“A secret to tell
I got something they don't have...”
(Whigfield, na canção "Close To You")



“No, I don't know where I'm going
But I sure know where I've been...”
(Whitesnake, na canção "Here I Go Again")



“Though I keep searching for an answer
I never seem to find what I'm looking for
Oh, Lord, I pray you give me strength to carry on
'Cause I know what it means
To walk along the lonely street of dreams...”
(Whitesnake, na canção "Here I Go Again")



“And here I go again on my own
Going down the only road I've ever known
Like a drifter I was born to walk alone...”
(Whitesnake, na canção "Here I Go Again")



“Is this love that I'm feeling?
Is this the love that I've been searching for?
Is this love or am I dreaming?
This must be love...”
(Whitesnake, na canção "Is This Love")



“I don't really need to look very much further
I don't wanna have to go where you don't follow...”
(Whitney Houston, na canção "I Have Nothing")



“Stay in my arms if you dare
Or must I imagine you there?”
(Whitney Houston, na canção "I Have Nothing")



“If I leave here tomorrow
Will you still remember me?
For I must be traveling on now
There's so many places I gotta see...”
(Will To Power, na canção "Baby I Love Your Way / Freebird")



“I'm as free as a bird now
And this bird will never change...”
(Will To Power, na canção "Baby I Love Your Way / Freebird")



“With the help of some fireflies
I wonder how they have the power to shine...”
(Will To Power, na canção "Baby I Love Your Way / Freebird")



“Je veux d'l'amour, d'la joie, de la bonne humeur
C' n'est pas votre argent qui f'ra mon bonheur
Moi j'veux crever la main sur le cœur
Allons ensemble, découvrir ma liberté
Oubliez donc, tous vos clichés
Bienvenue dans ma réalité...”
(Zaz, na canção "Je Veux")



“O deserto que atravessei
Ninguém me viu passar
Estranha e só...”
(Zélia Duncan, na canção "Catedral")



“Mas vi você
Tão longe de chegar
Mas perto de alguém lugar...”
(Zélia Duncan, na canção "Catedral")



“Olhei pra mim
Me vi assim
Tão perto de chegar
Aonde você não está...”
(Zélia Duncan, na canção "Catedral")



“Solidão...
Quem pode evitar?”
(Zélia Duncan, na canção "Catedral")



“Meu escuro é meu escudo
E silencioso é o meu coração...”
(Zélia Duncan, na canção "Toda Vez")



“Se eu calei foi de tristeza, você cala por calar...”
(Zé Ramalho, na canção "Avohai")



“Entrecortando, eu sigo dentro a linha reta
Eu tenho a palavra certa
Pra doutor não reclamar...”
(Zé Ramalho, na canção "Avohai")



“Há tantas violetas velhas
Sem um colibri...”
(Zé Ramalho, na canção "Chão de Giz")



“Não existe saudade mais cortante
Do que a de um grande amor ausente
Dura feito diamante
Corta a ilusão da gente...”
(Zé Ramalho, na canção "Entre a Serpente e a Estrela")



“Toco a vida pra frente
Fingindo não sofrer...”
(Zé Ramalho, na canção "Entre a Serpente e a Estrela")



“E sei que não será surpresa
Se o futuro me trouxer
O passado de volta
Num semblante de mulher...”
(Zé Ramalho, na canção "Entre a Serpente e a Estrela")



“Quanto vale um homem para amar você?”
(Zé Ramalho, na canção "Garoto de Aluguel")



“Você vai chorando e eu fico sorrindo...”
(Zé Ramalho, na canção "Garoto de Aluguel")



“Eu quase não falo
Eu quase não sei de nada
Sou como rês desgarrada nessa multidão
Boiada caminhando a esmo...”
(Zé Ramalho, na canção "Lamento Sertanejo")



“Se entregou ao seu amor, porque
Não quis ficar como os beatos
Nem mesmo entre Deus ou o capeta...”
(Zé Ramalho, na canção "Mistérios da Meia-Noite")



“Eu quero ver Soraya queimada
Soraya queimada
Porque Soraya me queimou
E doeu...”
(Zéu Britto, na canção "Soraia Queimada")